Provérbios 28:26

O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria será salvo.

Play Audio

Você é o seu pior inimigo. Você tem dentro de si uma voz que é mais desejada do que a voz de Deus ou de qualquer anjo ou homem. A voz pode confortar e convencer você contra qualquer ensino ou advertência. Esta voz está com você durante as 24 horas do dia e sempre lhe diz aquilo que você quer ouvir e acreditar. Ela ajuda você a tomar a maior parte das decisões. Você é um tolo!

O seu coração tem uma opinião forte em qualquer assunto, mesmo que você saiba ou não alguma coisa a respeito. Seu coração reage instantaneamente contra criticismo ou admoestação, e ele controla você com um desejo apaixonado por algo que ele quer. O seu coração pode levá-lo ao sono a respeito de assuntos que ele diz que não são importantes, e ele pode lhe manter acordado por inveja ou ódio.

Salomão usou a palavra coração neste provérbio de hoje como uma metonímia de suas afeições, inclinações e pensamentos. É o seu conjunto interno de desejos e necessidades que afetam o seu processo de tomada de decisões. Este não é a sua consciência. Ele é o contrário da sua consciência! Este é o conjunto de paixões que move a maioria dos homens e das mulheres. Deus tem falado a respeito do seu coração. Ele disse, "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?" (Jr 17:9).

Se você dá ouvidos ao seu coração você é um tolo! Se você se orienta pelo seu coração, você é um tolo! Se você toma decisões, mesmo que parcialmente influenciado pelo seu coração, você é um tolo! Você está se submetendo à fonte de informação mais enganosa, depravada e perigosa da terra. O seu coração já colocou você em mais dificuldades no seu passado do que todos os seus inimigos somados! Você é o seu pior inimigo. Sabedoria é o poder de escolher a verdade contrariando o seu coração!

Adão morreu no jardim do Éden no dia em que ele comeu a fruta proibida, de acordo com a palavra do Senhor (Gn 2:17; 3:6-8). Como ele morreu fisicamente 930 anos mais tarde, o que aconteceu com ele no dia em que ele tomou a fruta de Eva e comeu (Gn 5:5)? O que morreu? Não foi o seu intelecto. Ele permaneceu tão inteligente quanto o era antes de pecar. Não foi o seu poder de observação. E continuava percebendo naturalmente da mesma forma antes como depois de pecar. Ele ainda continuava mentalmente são.

Mas as suas afeições por Deus e suas inclinações espirituais tinham morrido. Ele agora ficou totalmente depravado, sem qualquer desejo de buscar, agradar ou obedecer a Deus. Ao invés de rogar por perdão, ele confeccionou aventais de folhas de figo. Ao invés de se arrepender, ele escondeu no jardim. Ao invés de confessar o seu pecado, ele culpou a Eva pela bagunça. Ele agora estava totalmente motivado por impulsos egoísticos que estavam mortos para com Deus e aos demais homens (Sl 14:1-3; Rm 3:9-18).

Hoje em dia é totalmente aceitável o fato de você seguir o seu coração. Na realidade você é ensinado que o seu coração pode decidir aquilo que é correto para você. Um homem deixa a igreja e diz, "Eu não me senti à vontade em meu coração quando estava lá." Um homem deixará a sua mulher e filhos por uma mulher mais jovem, dizendo, "O meu coração não estava mais no meu casamento." Um homem deixará o seu emprego e se tornará um vagabundo sem teto dizendo, "Eu vou seguir o meu coração." Todos são tolos!

O método primário ensinado hoje em dia, mesmo em níveis universitários, é o de confiar em seu coração. Depois que o professor apresenta vários pontos de vista contraditórios a respeito da pena capital, ele indaga dos seus pequenos alunos de olhos brilhantes, "O que é que você pensa?" Isto não é ensinar! Esta é a maneira de corromper a juventude usando de bajulação da idiotice e orgulho dos seus corações! Isto é condicioná-los a pensarem que suas opiniões merecem considerações! Isto os leva a odiar qualquer pessoa que os critica ou se opõe a eles, especialmente um pregador da Bíblia que não tenha um grau universitário!

Adolescentes desafiam seus pais porque os seus maus corações lhes dizem que estão certos e que os seus pais estão errados. Adúlteros procuram outras mulheres porque os seus corações profanos lhe dizem que eles merecem isso e que ninguém será machucado. Aqueles que justificam a si mesmos quando deixam a igreja porque os seus corações lhes disse que os seus pastores não tinham o direito de criticá-los daquela forma. Viciados em pornografia justificam um segundo olhar com base na desculpa dos seus corações de que isso é algo inocente.

Seguir o seu coração o leva para onde? À destruição, que está entendido neste provérbio ao compararmos a cláusula paralela. Os tolos serão feridos e punidos, pois suas decisões são lastreadas em sentimentos, paixões e as arrogâncias dos seus próprios corações. Aquilo que fazia tão bem no início se torna dolorosamente destrutivo no seu fim (Pv 14:12; 16:2,25; 21:2). Mas o homem sábio que segue a sabedoria de Deus ao invés das mentiras do seu coração será salvo.

A verdadeira sabedoria está em desconfiar do seu coração, rejeitar sua voz e tomar todas as decisões com base na verdade absoluta e objetiva. Onde está a fabulosa fonte de tomada de decisões? Ela está nas inspiradas palavras do Deus vivo registradas na Bíblia. É através do aprendizado da palavra de Deus e treinando a si mesmo para tomar decisões baseadas nela é que você pode se tornar sábio e salvo dos impulsos enganosos do seu coração depravado (Sl 19:7; 119:130).

O propósito para os ministros é o de desenvolver uma guerra contra o seu coração. Eles devem derribar todas as suas imaginações e pensamentos e trazê-los cativos à obediência de Jesus Cristo (IICo 10:4-6). Você não tem o direito dos seus pensamentos, você tem a responsabilidade de ter pensamentos corretos! Mas a grande maioria dos cristãos contemporâneos está obcecada com seus corações e pensamentos. Eles avaliam tudo pelo grau comum daquilo que está em seus corações! Tolos!

Quão sábio é você, leitor? Está pronto para fazer um teste? De quem você tem rancor? Está correto à luz da palavra de Deus? Se não, o que você vai fazer a respeito disso? Se você é uma mulher cristã, você sempre se veste de trajes modestos e de acessórios discretos e uma maquilagem discreta? Se não, o que você vai fazer a respeito disso? O grau da sua sabedoria é o grau no qual você pode esmagar o seu coração para se submeter às palavras de Deus na Bíblia.

Se você aprender a andar sabiamente pelo direcionamento dos mandamentos de Deus, Ele o livrará de todas as ciladas e obstáculos que esmagam e confundem os seus vizinhos seguidores do coração. Se você confiar Nele e não se inclinar ao seu próprio entendimento, Ele guiará os seus passos em bons caminhos. Sua felicidade, prosperidade e sucesso futuro dependem do seu esforço em odiar pensamentos vãos e amar a verdade das Suas palavras (Sl 119:113,128).