Provérbios 26:23

Como o caco coberto de escórias de prata, assim são os lábios ardentes e o coração maligno.

Play Audio

Você é culpado de um destes dois terríveis pecados - lábios ardentes que dizem coisas negativas a respeito dos outros ou um coração mau que pensa nessas coisas? Se você é culpado dos dois, você é como um pedaço de cerâmica coberto com a escória do refino de prata! Que pessoa feia e sem valor! Se você não puder dizer coisas boas a respeito dos outros, então não fale nada!

Temos aqui uma símile simples (um estado de comparação), pela palavra "como", de um homem com um vaso de cerâmica. Um homem mau, com um coração malicioso e uma fala cruel, é como um fragmento quebrado de um vaso coberto com a escória de prata. Um homem de bem, de coração nobre e palavras bondosas, é como um belo trabalho de cerâmica coberto com a fina prata, um objeto agradável e de valor.

O que são lábios ardentes? Este homem tem um fogo na sua boca e com frequência ele queima os outros com uma fala crítica e odiosa. Ele não consegue ficar calado durante muito tempo - ele precisa dizer alguma coisa derrogatória a respeito dos outros. Os seus lábios são incendiados pelo inferno (Pv 4:24; 10:18; 16:27; Tg 3:5-9).

O que é um coração mau? Esta frase descreve a pessoa cujo coração está cheio de desprezo arrogante e ódio malicioso dos outros, como mostra o seguinte contexto (Pv 26:18-28). Ele não conhece a Deus, e ele não tem nenhuma afeição pelos outros, exceto para usá-los para os seus próprios fins egoístas. Ele, do fundo do coração, é um assassino mesmo que ainda não tenha cometido o crime.

Você tem lábios ardentes ou um coração mau? Ou você tem os dois? É fácil de descobrir! Com que facilidade você discute, responde à altura, bajula, calunia, faz fuxico ou fica cochichando? Se você peca assim, você certamente tem lábios ardentes. E se você não se entristece depois de cometer tais pecados com os seus lábios, então você também tem um coração mau. Leitor, examine-se a si mesmo e se arrependa!

Apesar dos seus lábios e do seu coração não estarem intimamente ligados, eles têm uma ligação aproximada! Um homem pode pecar de vez em quando com os seus lábios e ter um coração puro, mas ele ficará entristecido com isto. Se o homem peca com frequência atacando os outros com palavras, ele demonstra um coração violento e mau. Jesus ensinou que a boca claramente revela o coração (Mt 12:34-37).

Antigamente muitas obras de arte e vasos domésticos eram feitos de cerâmica. Um objeto bem formado de barro coberto com uma prata fina poderia ser excelente na aparência e no uso. Mas um caco de cerâmica é um pedaço de vaso quebrado, e a escória de prata é o resto da escuma do refino.

Homens sábios examinam os seus corações e guardam os seus lábios - eles temem um coração crítico e lábios frouxos que prejudicam os outros (Pv 6:12-15; 17:20). Um homem muito sábio, por outro lado, escolherá um coração puro e lábios agradáveis que podem conquistar até a amizade do rei (Pv 22:11).

Leitor, examine-se a si mesmo!