Provérbios 26:6

Os pés corta e o dano bebe quem manda mensagens pelas mãos de um tolo.

Play Audio

Não se pode confiar em tolos. Eles são preguiçosos, estúpidos e teimosos demais para executarem corretamente uma tarefa. A lição aqui para você obter sucesso é a de evitar os tolos. A sua produtividade e reputação depende de pessoas confiáveis para a tarefa. Se você escolher qualquer um para realizar serviços, é melhor você cortar as pernas de um homem e enviá-lo! Você pode contar com perdas ao escolher tolos.

Levar uma mensagem é uma tarefa fácil, mas o tolo não o faz corretamente ou no tempo determinado. Seria melhor se você cortasse suas duas pernas e sofresse o dano! Você vai causar dano aos seus objetivos e à sua reputação, pois a mensagem não será comunicada da forma que você pretendia. Você é um tolo? Você evita os tolos?

Salomão não confiava em tolos e ele alertou o seu filho a respeito deles. Um rei poderia facilmente prejudicar sua autoridade, reputação e integridade ao usar tolos a serviço do seu governo. Um homem sábio protegerá a integridade dos seus projetos e de sua reputação evitando os tolos tanto quanto for possível. Ele somente usará pessoas fiéis, especialmente nas questões importantes.

Tolos devem ser evitados, mas você também deve evitar se tornar um tolo! Este capítulo de Provérbios começa com um extenso resumo sobre tolos (Pv 26:1-12). Temos aqui várias lições para aprendermos: como identificar um tolo, como tratar um tolo e como evitar ser um tolo. Todas as três lições são importantes e você deve aprender todas elas para se tornar um homem verdadeiramente sábio.

Enviar uma mensagem é uma sinédoque de uma tarefa importante (Pv 10:26; 13:17; 25:13). A mensagem pode ser a respeito de negócio, política ou religião; mas transmitir corretamente um pedido, uma informação ou uma ordem é importante. Se a mensagem não for entregue de uma forma apropriada, o projeto em pauta e a reputação da pessoa que envia a mensagem estarão comprometidos.

O que é um tolo? É uma pessoa que não teme a Deus (Sl 14:1). A sabedoria começa com o temor de Deus, mas ao tolo falta esta condição básica (Pv 1:7; 9:10). Ao rejeitar o temor de Deus, o tolo também é dado à conspiração, aos sonhos, à mentira, ao sono, ao falatório e às desculpas. Ele odeia escutar, obedecer e trabalhar. Ele quer fazer as coisas à sua maneira (Pv 28:26).

O ato de cortar os pés descreve o quanto é importante a tarefa para poder confiar a um tolo. É melhor você decepar os pés de um mensageiro: a tarefa será executada corretamente! Beber o dano é uma metáfora para receber muitos danos, como é usado em outra passagem (Jó 15:16; 34:7).

É um erro confiar em um tolo ou ser um tolo. Leitor, você é uma alegria para aqueles que confiam em você e lhe dão responsabilidades ou você é uma irritação dolorosa (Pv 10:26; 25:13)? Você também se protege evitando os tolos? Não basta ser fiel; você também deve usar homens fiéis.

O evangelho de Jesus Cristo é a maior mensagem de todos e, por este motivo, as exigências para se tornar um ministro são rígidas (ITm 3:1-7; IITm 2:2; Tt 1:5-9). Estas restrições não podem ser transigidas, correndo o risco de causarem danos aos santos e às igreja de Jesus Cristo (IICo 2:17; 4:2; IIPe 2:1-2).