Provérbios 25:19

Como dente quebrado e pé deslocado, assim é a confiança no desleal, no tempo da angústia.

Play Audio

Um dente quebrado ou um pé desconjuntado é doloroso, de função defeituosa e irritante. Você não consegue mastigar ou andar como deveria. Correr está fora de questão! Confiar em uma pessoa não confiável quando você precisa dela é tão dolorido e desconjuntado, e irritante. Você tem amigos fiéis? Você é um amigo fiel? Você sabe como identifica-los e mantê-los?

Aqui está um provérbio com lições ocultas. A símile, uma semelhança afirmada pela palavra "como", compara a dor e os problemas de uma pessoa infiel a um dente quebrado ou o pé deslocado. As lições são implícitas, sem que tenham sido expressamente declaradas, pois provérbios são afirmações obscuras do sábio, necessitando de interpretação (Pv 1:8; Jo 16:29).

È muito difícil encontrar homens fiéis, mesmo que muitos homens lhe dirão que são fiéis (Pv 20:6; Sl 12:1). Amigos e homens de bons momentos com pouca integridade, corações apreensivos e interesses egoísticos são comuns. Verdadeiros amigos nascem para a adversidade, e eles nunca o desapontarão em tempos de dificuldades, mas são muito difíceis de serem encontrados e mantidos (Pv 17:17; 18:24; 27:10).

Existem três questões neste provérbio que nos dirige a sete lições. Existem homens infiéis, que não cumprem seus deveres. Há períodos de dificuldades, quando todos os homens têm seu caráter posto à prova. E existem aqueles que imprudentemente colocam sua confiança em homens infiéis. A combinação resulta em desapontamento, falha e problema.

Quais são as sete lições (1) Homens infiéis causam dor e dificuldade (2) Eles destroem os esforções e a reputação daqueles que confiam neles (3) Eles devem ser evitados tanto quanto for possível (4) Tempos de dificuldades provam se o homem é fiel ou não (5) Homens sábios só colocam sua confiança em homens fiéis (6) Homens fiéis são identificados pelo temor que têm a Deus (7) Você é um homem fiel, temente ao Senhor e digno da confiança nos outros?....?

O temor do Senhor é o critério pelo qual se encontra homens fiéis. Estas são as características dos homens que Deus falou a Moisés e a Davi que seriam bons governantes (Êx 18:21; IISm 23:3). E Josafá nomeou homens assim para serem juízes (IICr 19:5-10). Um homem que teme a Deus fará o que é certo, sem levar em conta a popularidade, suborno ou vantagem pessoal.

A Bíblia descreve os homens infiéis. Os três amigos de Jó eram consoladores miseráveis (Jó 16:1-5), e a mulher dele foi pior ainda (Jó 2:9). Davi não podia confiar em seu sobrinho Joabe nem nos filhos de Joabe. Jesus foi traído por Judas, negado por Pedro, e abandonado por todos os Seus discípulos. Arão se comprometeu horrivelmente quando Moisés estava no monte de Deus (Êx 32:1-6,21-28), e João Marcos desertou a Paulo numa viagem evangelística (At 13:13; 15:36-41).

Verdadeiros amigos são uma grande bênção, e eles gloriosamente preenchem seus papéis em tempo de dificuldades (Pv 17:17; Ec 4:9-12). Qualquer sociedade de homens só é tão grande quanto for o seu elo mais fraco. Portanto, a confiança de um grupo nunca deve ser colocada num homem infiel. Somente os qualificados devem ser feitos líderes, professores ou administradores (ITm 3:1-13). A grandeza de um homem ou de uma sociedade depende de evitar a confiança em homens infiéis.

Homens sábios estudam o livro de Provérbios e aprendem a discernir homens fiéis, insensatos, zombadores e inimigos. Eles tomam o cuidado de evitar os perversos que lhes causará tristeza e desapontamentos em tempo de dificuldade (Pv 9:6; 13:20; 14:7; Sl 101:3-8). Eles escolhem como amigos aqueles que temem a Deus e guardam os Seus mandamentos (Sl 101:6; Sl 119:63,79,115; Tt 1:8).

Você é um homem fiel? Você guarda todos os seus compromissos? Você sempre chega cedo para os seus compromissos? Você preenche os seus deveres não importando quão duro ou caro possam ser? A sua palavra é tão boa quanto o ouro? Você completa as tarefas, mesmo que você perca o objetivo e o prazer nelas? Você está ali para ajudar quando o seu amigo precisa de você, mesmo que não lhe peçam? Você foge dos problemas que exigem esforço?

Você paga as suas contas nas datas marcadas? Você se comunica assim que você verifica que não pode manter um compromisso? Você se lembra de coisas pequenas com as quais você se comprometeu? Você faz anotações, se você tem uma memória fraca ou uma vida ocupada? A fidelidade para você é mais importante do que a amizade? Se você é um conversador você evita fazer promessas que você não pode ou que não cumprirá? Você faz cada uma das suas tarefas da maneira correta e a termina?

A igreja de Jesus Cristo deve lhe fornecer os amigos mais fiéis, pois ali você encontrará aqueles que temem a Deus, guardam os Seus mandamentos, e fazem escolhas pelo Espírito. Os laços não são unicamente amizades ou família, mas o sangue de Cristo. Ali você encontra aqueles em quem você pode confiar, e que melhor servirão aos seus interesses (Ef 4:16; ITs 5:14; Hb 3:12-13).

Na verdade, só existe um único amigo que é fiel para qualquer homem ou mulher - o próprio Senhor Jesus! Ele está sempre presente na hora das dificuldades (Sl 46:1). "Porque, quando meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me recolherá." (Sl 27:10). "Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno." (Hb 14:6). "É melhor confiar no Senhor do que confiar no homem." (Sl 118:8).