Provérbios 24:32

O que tendo eu visto, o considerei; e, vendo-o, recebi instrução.

Play Audio

Você pode aprender dos outros as ações e as consequências delas. Observação e análise são um dos maiores professores da vida e Salomão foi um mestre, ao sabiamente considerar tudo que ele viu (Ec 1:12-14; 2:11-13). É seu dever aprender com os erros dos outros e ensinar aos seus filhos a fazerem o mesmo (Pv 19:19; 22:29). Você também pode aprender pela observação e seguir o bom caráter e exemplos de homens sábios (Sl 37:37; Fp 3:17-21).

Salomão aqui condenou os homens preguiçosos (Pv 24:30-34). Uma das primeiras lições que os pais precisam ensinar a seus filhos é para se levantarem, trabalharem bastante, e terminarem as tarefas. A preguiça é condenada repetidas vezes em Provérbios (Pv 6:6-11; 10:4; 12:24; 19:15,24; 20:4,13; 22:29). Observando e analisando formigas pode levar a esta sabedoria (Pv 6:6-8; 30:25)! Salomão sabia que o sucesso dos seus filhos exigia a diligência, e ele também queria que eles rejeitassem administradores preguiçosos.

É relativamente fácil explicar a pobreza. Salomão viu que o amor pelo sono custa o sucesso financeiro a muitos homens. Quando ele viu casas e propriedades abandonadas, ele entendeu que certas consequências da preguiça tinham pousado naqueles endereços. Homens que gostavam de dormir até mais tarde na parte da manhã e que procrastinavam ao anoitecer terminavam sendo pobres. Claro, os pobres geralmente têm desculpas preparadas para si, mas os fatos da vida ainda são os mesmos.

Um dos pais pode ser como Salomão foi para as suas crianças. Ele pode apontar perdedores na vida e os resultados certos que sobrevém quando a Bíblia não é obedecida. A bíblia pode ser um manual de vida para estudos sociais a respeito de insensatez e sabedoria! Filho, você consegue enxergar as venezianas que estão caindo naquela casa? O proprietário pretende fazer alguma coisa ali, mas ele sempre tem uma razão para postergar o reparo! Se ele não as consertar logo, a casa eventualmente vai cair, assim como diz a Bíblia (Ec 10:18)!

Leitor, você conhece suficientemente a Bíblia para ver suas provas no mundo à sua volta? Você consegue enxergar a concretização das Escrituras em suas vidas disfuncionais e no caos político deste mundo insensato? Você pode ensinar a seus filhos e a outras as dolorosas consequências da rejeição da Palavra de Deus? Você sabe como extrair lições práticas de criaturas pequenas e grandes (Pv 30:24-31)? Ou você é tão deficiente que esta tarefa lhe parece quase impossível?

Porque os homens beberrões são sem teto? Porque a embriaguez e a glutonaria trazem os trapos (Pv 23:21). Porque algumas crianças gritam em restaurantes? Eles precisam da cura (Pv 29:15)! A mesquinharia financeira traz sucesso? Não, ela trará a pobreza (Pv 11:24-26). Porque alguns homens desperdiçam seu tempo livre num passamento entediante? Porque eles estão escapando da mulher detestável que ele tem em casa (Pv 21:9,19). Existem consequências para o adultério? Só morte e inferno (Pv 9:18). Faz mal dar atenção a ativistas políticos? Só se você quiser morrer cedo (Pv 24:21-22)!

Qual a razão pela qual o pecado sexual e a violência são tão populares? Porque são exaltados na televisão (Sl 101:3; ICo 15:33)! Porque as nações católicas são geralmente pobres? Porque, desde a infância deles negam a realidade ao presumir que a hóstia é o corpo, o sangue, a alma e a divindade de Jesus Cristo (ICo 11:24-25)! Porque existe considerável sodomia e pedofilia entre os seus sacerdotes? Porque rejeitaram o papel da mulher que Deus lhes deu (ITm 4:1-3; Rm 1:27; ICo 7:1-5)!

Existem lições proveitosas pela observação dos homens de bem? Salomão viu que aqueles que temem a Deus são bem sucedidos e deveriam ser imitados na vida (Ec 7:18). A Galeria de Fé em Hebreus 11 nos dá uma grande nuvem de testemunhas quanto ao benefício de crer e obedecer a Deus (Hb 11:2; 12:1). E o Senhor Jesus Cristo foi Quem sofreu de boa vontade ao obedecer a Deus, agora está assentado à mão direita de Deus com grande honra e glória (Hb 12:2; Sl 16:8-11).