Provérbios 21:11

Quando o escarnecedor é castigado, o simples torna-se sábio; e, quando o sábio é instruído, recebe o conhecimento.

Play Audio

Gosto não se discute! Para o bom entendedor, meia palavra basta! Com o mudo não se discute!

Estes e outros adágios semelhantes e frases idiomáticas são extraídas deste provérbio, que foi escrito 3000 anos antes da moderna escrita inglesa! Existem três tipos de homens aqui, e só há duas ações que resultam no tratamento apropriado para os três (Pv 19:25)!

Um escarnecedor é uma pessoa arrogante, profana e rebelde que ridiculariza e mostra extremo desprezo à autoridade, correção e instrução. Ele é tão arrogante em suas opiniões que não se consegue ensiná-lo nada (Pv 9:7-8; 13:1; 15:12; 21:24). Ele tem que ser punido e rejeitado (Pv 22:10). Salomão disse que o escarnecedor era pior que o tolo, cujos pecados de tolice, ignorância e indolência eram menor do que o vicioso desprezo à repreensão do escarnecedor (Pv 12:1; 24:9; 26:12).

Um homem simples é um homem ignorante sem muita inteligência ou caráter. Ele tem pouco conhecimento ou sabedoria, e ele reage àquilo que vê e sente mais do que ele possa compreender, por uma análise e reflexão prudente (Pv 14:15,18; 22:3). Homens simples podem ser ensinados, mas é um processo difícil (Pv 1:4; Sl 119:130). Pelo fato que lhes falta discrição e compreensão, eles geralmente aprendem melhor através da experiência e de lições práticas.

Um homem sábio teme a Deus e guarda os Seus mandamentos (Pv 1:7; 9:10; Sl 111:10). Ele ama a correção, a instrução, a repreensão e as advertências; ele sabe que tais intervenções são o único caminho para adquirir o entendimento (Pv 1:5; 12:1). Estes homens nobres que receberam o ensino de mente aberta procuravam nas escrituras para provar que tinham ouvido a verdade e, em seguida, criam e obedeciam-na (At 17:11). Apesar de sábios, eles sempre buscavam aconselhamento em decisões mais importantes (Pv 24:6).

Em se tratando de pessoas, especialmente aquelas sob a sua autoridade, existem duas ações básicas a serem ensinadas aqui. As duas ações tratarão eficiente e sabiamente com os três tipos de homens. Você deve identificar o tipo de pessoa com a qual você está lidando e aplique o remédio correto. Aqui está a lição: escarnecedores não podem ser instruídos e devem ser punidos, o que livrará você das disputas deles e também ensinará ao simples uma lição prática para o aprendizado deles; e homens sábios podem ser orientados e ensinados através da simples repreensão ou instrução (Pv 19:25).

Considere um escritório ou um lar. Você evita para si mesmo a contenda e a disputa por punir ou rejeitar o escarnecedor (Pv 22:10). Ao puni-lo ante de rejeitá-lo, você estará dando uma lição prática ao simples para que tema a autoridade e evite as atitudes e ações do escarnecedor. Empregados sábios ou crianças precisam apenas de instrução ou repreensão, pois aprenderão submissamente das duas formas. Sua vida foi bastante simplificada; o escarnecedor se foi, o simples torna-se sóbrio e avisado, e o sábio lhe amará por torná-lo ainda mais sábio (Pv 9:8-9; 28:23).