Provérbios 20:30

Os vergões das feridas são a purificação dos maus, como também as pancadas que penetram até o mais íntimo do ventre.

Play Audio

A punição física funciona. A dor é uma força dissuasora eficiente e um instrutor eficaz. Você acredita nestas duas regras apesar do que os insensatos efeminados e os benfeitores do mundo dizem hoje?

Porque você toma cuidado com o fogo? Para estudar as leis e teorias dos combustíveis, calor, oxidação, combustão e termodinâmicas? É desenvolvendo a teoria da razão que o fogo dói e destrói? Ou porque você sentiu na pele o arder do fogo quando você ainda era jovem? Ah, sim, fogo dói!

Se você quer ser sábio, e Provérbios foi escrito para isto, então se submeta à palavra de Deus. Que Deus seja verdadeiro e todo o homem mentiroso (Rm 3:4; Sl 119:128). Deus e Salomão tinham mais sabedoria a respeito de mudança de comportamento do que qualquer outro homem, grupo de homens, instituições ou teorias na terra! Cedidos gratuitamente, sem custo, eles anotaram para o seu grande proveito e sucesso.

Insensatez e perversidade são terríveis traços humanos, causando muita dor e sofrimento, incluindo vidas e patrimônios arruinados e morte. De que forma estes traços podem ser reduzidos? O pecado é mais do que mau hábito; é a reação inata de rebeldes enganados (Jr 17:9). A maioria dos homens precisa ser surrada, machucada e ferida antes de mudarem ou melhorarem. Esta é a lição.

Você sabiamente fere aqueles que precisam ser feridos? Você recebe bem os ferimentos quando você está precisando? Não resista à sabedoria que está sendo ensinada aqui. Severa e sábia punição é muito menos dolorosa do que a livre vontade descontrolada ou a rebelião obstinada. Um insensato não corrigido custará a si mesmo e àqueles à sua volta muito mais do que uma leve queimadura de um chicote. Esta é a aplicação.

Os pais afugentam a insensatez das crianças com uma vara; (Pv 22:15; Pv 23:13-14); Deus tira a tolice dos Seus filhos com açoites (Pv 3:11-12; Hb 12:5-11); amigos corrigem um ao outro com golpes verbais; (Pv 27:6; Sl 141:5); e Jesus foi ferido e machucado pelas nossas iniquidades (Gn 3:15; Is 53:5,10). O castigo físico reduz grandemente a criminalidade. Este é o resultado.

Até as recentes décadas de pensamentos perversos e o alto som dos discursos dos engenheiros sociais, todo mundo sabia que o castigo corporal funcionava. Havia até um pequeno verso em inglês que Que traduzido livremente se lê: "Ler, escrever e aritmética, ensinado ao som de uma vara de goiabeira". Numa sociedade sábia, magistrados açoitavam criminosos (Dt 25:2-3), e empregadores batiam em empregados transgressores (Pv 29:19; Êx 21:20-21).

A sabedoria inspirada de Salomão é desprezada hoje em dia. Sonhadores sociais e educadores arrogantes ensinam que adulação e liberdade funcionam melhor do que a punição física. Leia o livro "Baby and Child Care" de Benjamim Spock. Fazem tudo para impedir legalmente que os pais surrem seus filhos, da mesma maneira que proibiram o espancamento para a manutenção da ordem e da disciplina em escolas, nas fileiras militares e na sociedade. Mas olhe os resultados! Eles falharam miseravelmente!

Que lindo provérbio! Aqui você vê a natureza de provérbios tão clara como em qualquer outro lugar. As palavras são escolhidas e arranjadas para criarem a máxima beleza, força e ritmo; mas o sentido é ligeiramente oculto para você descobrir e desfrutar. Você consegue encontrar algumas metonímias?

Considere as palavras do provérbio. Quando um corpo é ferido, o local fica marcado com vergões. Nós dizemos que ficou "roxo". Pelo uso da metonímia, a primeira frase ensina que o ferir apropriado com objetivos corretivos afugentará a insensatez. Punição física é o meio ordenado por Deus para depurar o pecado (Pv 13:24; 19:18; 22:15; 23:13-14; 26:3; 29:15).

Veja a metonímia. Marcas roxas não corrigem rebeldes. A punição física apropriadamente aplicada os reforma, e esta punição cria ferimentos que com frequência ficam roxas! Isto é metonímia, ou seja, a substituição de uma coisa por outra relacionada. Esta é uma metonímia por efeito, onde o efeito é colocado para a causa - vergões roxos pelas punições que as causaram.

Na segunda sentença, "pancadas" são uma metonímia para o efeito de uma surra com uma vara (Pv 17:10; 19:29; Sl 89:32; Dt 25:2-3), e "ventre" é uma metonímia de assunto para a alma e o espírito do homem (Pv 18:8; Pv 20:27; Jó 32:18-19; Sl 44:25). Os vergões aplicados nas costas por uma vara, com o objetivo de corrigir comportamento, terá o mesmo treinamento positivo resultante do ferimento que a primeira sentença tem (Pv 17:10; Pv 19:29; Sl 89:32; Dt 25:2-3).

Este lindo e sábio provérbio ensina as ordenanças de Deus a respeito da punição física. Mas o mundo esclarecido de hoje prefere a escuridão das especulações pervertidas dos educadores. Eles sugarão um milhão de bebês em pedaços de dentro do útero da mãe, enquanto protegem os adolescentes e criminosos de serem tocados! Estas pessoas perversas são os corruptores diabólicos de nações, e os resultados de suas políticas são visíveis por toda a parte.

Cavalos têm sido controlados e treinados com dispositivos físicos durante milhares de anos, como também os insensatos (Pv 10:13; Pv 26:3). Que jóquei montaria em um cavalo puro sangue pesando 500 quilos e achar que o controlará desde o início e ganhará uma corrida, sem o cabresto, o freio e o chicote? Se estes animais brutos podem ser ensinados manobras cuidadosas e esforço máximo para atingir o objetivo desejado, quanto mais as mentes racionais de crianças e de homens? Seja Deus verdadeiro!

Com algumas poucas lições apropriadas de uma vara, a criança crescerá e se tornará um adulto maduro e sábio (Pv 22:6,15). O autodomínio que se necessita para a prosperidade e o sucesso na vida é produzido pela vara e a repreensão. Corrija a criança e ela lhe trará descanso e prazer (Pv 29:17).

Alimente-os durante 17 anos sem esta ferramenta, e você terá uma criança que lhe trará vergonha, ruina à vida dele também, e um peso para aqueles à sua volta (Pv 23:13-14; Pv 29:15).

Que os pais se lembrem desta regra - a vara funciona. Que os diretores das escolas e os magistrados considerem - a vara funciona. Que os amigos se lembrem - uma dura repreensão funciona. O uso sábio da punição física corrigirá insensatos e pecadores e reformará o coração. Este não é um conselho irreal de um ignorante: estas são regras inspiradas pelo mais sábio homem que já existiu! Você é suficientemente sábio para entender quem está certo? Deus e Salomão ou Ben Spock e a UNICEF?

Que todo homem receba com gratidão e humildade os ferimentos de Deus e dos homens, pois têm como objetivo o seu aprendizado (Pv 3:11 e 12; Pv 9:7-9; Pv 27:5-6; Sl 141:5). Sem eles não existe evidência que Deus ou os homens o amem, e não existe esperança para a sua melhoria ou perfeição. Você deve buscar uma igreja onde você seja semanalmente ferido pela pregação!

Alguns homens naturais limitam este provérbio a um insensato conselho médico. Eles afirmam que uma cor roxeada em volta de uma ferida é evidência de que a infecção está sendo depurada dela! E dizem, ainda, que os músculos abdominais desenvolvidos (um pacote de seis tiras sobre a sua barriga) promove a saúde de seus órgãos internos inferiores! Que ignorante paródia de interpretação! Esqueça-a!

Deus odeia o pecado mas ama os Seus eleitos, por isso Ele machucou severamente e feriu o Senhor Jesus pelas mãos dos judeus e dos romanos. Durante as horas que precederam a Sua morte, Ele tornou-se roxeado em decorrência de muitos ferimentos e muitos vergões que cobriam as Suas costas. Por quê? Porque Ele foi ferido pelas nossas transgressões, moído pelas nossas iniquidades, castigado pela nossa paz, e pelas suas feridas fomos sarados (Is 53:5,10). Seus ferimentos roxeados e muitos vergões nos purificou de todo o mal.