Provérbios 20:29

O ornato dos jovens é a sua força; e a beleza dos velhos, as cãs.

Play Audio

Jovens e velhos têm suas próprias habilidades, ensinando a necessidade de respeito e confiança de um para com o outro e usando dessas vantagens para o proveito mútuo. Os jovens devem respeitar os homens mais velhos pela sabedoria dos mesmos, comprovado pelo cabelo grisalho. Os homens velhos devem respeitar a força maior dos jovens, o que é um grande bem. Ambos devem usar suas habilidades para servir o outro.

A glória dos homens jovens é a sua força. Um homem consegue correr mais rápido, levantar o maior peso, ou trabalhar mais entre a idade de 18 e 24 anos. Ele consegue fazer quase tudo, se ele colocar a sua determinação naquilo. Esses são os melhores anos da força física do homem. Ele não alcança a maturidade esquelética ou muscular até esse período e então começa um longo e constante declínio depois desse período.

A força de um jovem é algo maravilhoso. Altos níveis de hormônio do crescimento e da testosterona convertem quase tudo que ele come em músculos duros. Seu corpo responde imediatamente ao treinamento físico; ele consegue se recuperar rapidamente de atividade física árdua e tem uma força hormonal que o torna agressivo e confiante no perigo ou no trabalho.

A força de um declina depois dos 34 anos até que desaparece (Ec 12:1-7). O declínio dos dois componentes químicos depois dos 19 anos é a causa física. Os homens perdem o desejo motivador de realizar, seja em atividades sexuais ou físicas - a glória da juventude os abandona. Davi precisou de uma jovem para mantê-lo aquecido, mas ela estava tão a salvo quanto poderia estar (IRs 1:1-4)!

Entretanto, os homens velhos começam a adquirir nos seus anos aquilo que um homem jovem não consegue quase entender - a sabedoria. Ela é uma combinação da maturidade mental e emocional, da experiência e da instrução acumulada. Mesmo perdendo a força e o vigor, os homens mais velhos crescem em conhecimento e entendimento ate bem mais tarde em sua vida. Eles olhem os jovens divertidamente, pois eles perderam a tolice, a impaciência e a ignorância da juventude.

A sociedade reconhece essas diferenças enviando homens jovens com energia e vigor para a batalha, enquanto que os homens mais velhos dirigem a guerra e as questões do governo civil. O Comando do Estado Maior dos nossos militares se difere em idade grandemente dos soldados no campo. Jó disse, "Com os idosos está a sabedoria, e na abundância de dias, o entendimento." (Jó 12:12).

A sabedoria aqui está no respeito devido a cada idade. As duas idades dos homens são necessárias para o benefício e a segurança de uma nação, igreja ou família. Desde cedo Deus determinou que fosse dada honra aos homens mais velhos (Lv 19:32), e é errado desprezar as enfermidades da velhice (Pv 23:22). Aplicando a regra às mulheres, são as mulheres idosas que devem ensinar as mulheres jovens; apesar das mulheres jovens serem bonitas e férteis, elas são inexperientes em questões de maridos e crianças (Tt 2:3-5).

Portanto, os homens jovens (ou mulheres) devem reverenciar os velhos pela sabedoria deles, especialmente quando ocupam cargos de autoridade (Jó 32:4-7; Ef 6:1-3). É o juízo de Deus quando os jovens se rebelam e oprimem os idosos (Jó 30:1-12; Is 3:1-5). Paulo disse a Timóteo para tratar os mais velhos com reverência e os homens mais jovens com respeito (ITm 5:1; IPe 5:5).

Os homens velhos devem apreciar os jovens, que são capazes de fazer aquilo que eles não mais conseguem fazer. Davi tinha sido um matador de gigante em sua juventude, mas veio o dia em que ele ficava agradecido pelos jovens que assumiam o controle (IISm 21:16-17)! Homens jovens fiéis cordatos com a sua causa podem ser de grande valor para fazerem as coisas que a sua mente é capaz de planejar. Filhos da juventude, como flechas nas mãos de um homem poderoso, são bens valiosos (Sl 127:4). E os homens velhos não devem desprezar os homens jovens qualificados, quando Deus os coloca em posição de autoridade (ITm 4:12).

Mas os homens nas duas idades devem buscar a piedade mais do que qualquer outra coisa! Os jovens devem evitar a confiança e a glória excessiva em sua força (Sl 33:16; Jr 9:23-24), pois o SENHOR não se agrada das pernas de um homem (Sl 147:10). O jovem deve governar o seu espírito e fugir dos desejos sexuais da sua juventude (Sl 25:7; Ec 11:9-10; IITm 2:22), e ele deve buscar diligentemente o conselho dos velhos para a tomada de decisões importantes (Pv 20:5; 24:6).

Os velhos devem ser encontrados no caminho da justiça para que as suas cabeças grisalhas sejam uma coroa de honra (Pv 16:31). Leia os comentários de Provérbios 16:31. Não há virtude somente pela idade - uma criança sábia é melhor do que um velho tolo, mesmo que aquele seja rei (Ec 4:13). Um velho tolo que ainda tem a imprudência da juventude é uma vergonha para a sua idade e sexo. Um velho que não aprendeu a ser sóbrio e mentalmente espiritual é uma vergonha para a sua religião (Tt 2:1-2).

Agora, aplique a sabedoria deste provérbio ao reino de Deus. A igreja de Jesus Cristo deveria ter pais, homens de idade e sabedoria espiritual, que tenham conhecido o Senhor Jesus Cristo há muito tempo. E ela deveria ter jovens com grande força, espiritualmente ambiciosos com mentes fortes, que estejam cheio da Palavra de Deus (IJo 2:13-14).