Provérbios 20:21

A posse antecipada de uma herança no fim não será abençoada.

Play Audio

Se fácil vem, fácil vai. Estas palavras são uma verdadeira regra financeira revelada neste provérbio e em outros. Deus enviou Salomão para alertar que os vários esquemas de rápido enriquecimento não funcionam.

Se você trapaceia de qualquer forma para rapidamente progredir profissionalmente ou enriquecer financeiramente, você não vai conseguir sucesso nem sobrevivência a longo prazo. Deus o detonará; os homens tomarão os seus ganhos.

Este provérbio presume que houve uma violação das regras da sabedoria para se obter lucros rápidos, mas o sucesso não dura, pois Deus e os homens de bem não favorecerão a sua causa injusta. Temporariamente você pode progredir, mas o fim da sua carreira será uma pobreza dolorosa. Creia nisto.

Deus pode abençoar um homem para progredir ou lucrar rapidamente, como Isaque (Gn 26:12), José (Gn 41:38-45), Mardoqueu (Et 6:1-11), Dn (Dn 1:17-21), e outros. Propriedades e heranças em tais casos são abençoadas e serão abençoados enquanto Deus favorecer o homem.

Se você deseja ser tão bem sucedido quanto Deus pretende, existem caminhos piedosos e justos a serem seguidos em sua profissão e a administração das suas finanças. Conduta fiel em seus negócios forjará uma herança, considerando que tudo o mais seja igual (Pv 10:4; 11:25; 13:4,22; 19:14; 22:29).

Entretanto, qualquer comprometimento das regras de Deus para os negócios, mesmo que você ache que isto trará resultados, certamente trará retrocesso. O caminho de Deus não é só o melhor; ele é o melhor. Estabeleça no seu coração e na sua mente, ainda hoje, que você jamais trapaceará para poder progredir.

Salomão sabia mais do que qualquer homem a respeito do rápido progresso na carreira e imensos resultados nos investimentos, mas o seu conhecimento veio de Deus. Ele é a pessoa que Deus escolheu para lhe avisar de que qualquer pressa tola para obter sucesso redundará em perda (Pv 28:20,22; 21:5; 10:2-3; 13:11,22,23; 14:23; 28:8).

Considere o risco, como "commodity trading" (comercialização de mercadorias). Salomão alertou para a necessidade de reduzir o risco (Pv 6:1-5; 22:3). Se você for um dos poucos que inicialmente acertou corretamente algumas transações, a alavancagem dos mercados futuros o enriquecerão - então o gume do outro lado da espada retirará tudo que foi ganho inicialmente.

Considere o contribuir. Você conhece o exemplo do dízimo - 10%. Mas você escolheu investir aqueles 10% durante dez anos com um ganho acumulado de 10% ao ano - um retorno de 160% - uma herança adquirida com pressa. Você diz para a sua consciência que aí você fará a sua contribuição. Deus ri (Pv 3:9-10; 11:24-26; Ml 3:8-12).

Considere a vaidade. Você larga o seu emprego porque você foi a uma reunião de ''marketing'' via internet, onde um almofadinha esperto com um Rolex alugado expos como enriquecer vendendo sabão, com um preço exagerado, a uma pirâmide de trouxas. Deus ri (Pv 12:11; 13:23; 14:23; 28:19).

O mundo admite que a "pressa é a inimiga da perfeição". Mas eles só enxergam as leis naturais operando como prestar atenção aos detalhes e completando uma tarefa corretamente. Mas existe muito mais do que isto contra a pressa - Deus não abençoará o homem apressado, pois ele estará claramente quebrando alguma regra estabelecida por Deus (Pv 19:2).

Considere as palavras "Não será abençoada." Estas palavras são uma figura de linguagem chamada meiose ou litotes, uma afirmação pela negação do contrário, o oposto da hipérbole. Ao invés de perder a bênção de Deus, você vai ganhar uma detonação de Deus (Hc 1:5-11; 2:16-17)!

Mas existe uma herança que você obterá rapidamente e que você deve buscar agressivamente! Para os poucos fiéis que obedecem este provérbio e o resto das escrituras, Deus logo enviará Jesus Cristo para levá-lo para o céu e ser coerdeiro com Ele do universo (Rm 8:14-23)!

O Seu glorioso retorno para destruir esta terra com fogo e ressuscitar os mortos ocorrerá em um instante (ICo 15:51-58; ITs 4:13-18; IITs 1:7-10). Jesus declara que a Sua vinda será rápida - com pressa (Ap 3:11; Ap 22:7,12,20). Como você deve responder? Da seguinte forma, "Ora, vem, Senhor Jesus!"