Provérbios 19:27

Cessa, filho meu, ouvindo a instrução, de te desviares das palavras do conhecimento.

Play Audio

Pare de ouvir os tolos! Desligue a televisão! Saia dessa falsa igreja! Rompa as amizades com aqueles amigos tolos! Mude o seu curso superior! Desligue aquela radio! Não ouça as suas piadas! Queime aqueles livros e revistas! Não ouça aquele pregador! Obtenha uma mudança de emprego!

Deus fez com que Salomão escrevesse o Livro de Provérbios para torná-lo sábio. Se você der ouvido às idéias contrárias deste mundo, o conselho ignorante deles lhe causará grande confusão e corromperá a sabedoria que você deveria ter adquirido. A instrução moderna lhe arruinará. Vigie os seus ouvidos!

A sabedoria requer algum tipo de censura e isolamento. A liberdade de falar, na forma pervertida desta geração, é do inferno. A liberdade de falar só se aplica se a mesma está de acordo com a palavra de Deus. Qualquer outra forma de falar deve ser punida severamente. Davi disse, “Não porei coisa má diante dos meus olhos; aborreço as ações daqueles que se desviam; nada se me pegará. Um coração perverso se apartará de mim; não conhecerei o homem mau” (Sl 101:3-4). Leia Dt 13:6-18.

Considere a liberdade e o livre arbítrio. Deus deu a liberdade a Adão e Eva para comerem - estavam livres para comer de toda a árvore no jardim, exceto daquela que Ele proibiu (Gn 2:16-17)! É claro que a nossa sociedade doentia diria que eles tinham os seus direitos sobre aquela árvore, também! Satanás ainda está vivo e esperneando antes do Seu julgamento eterno! Deus deu liberdade aos seus filhos casarem - eles têm a liberdade de casar com quem eles quiserem, desde que seja no Senhor (ICo 7:39)! Portanto nós vimos que Deus definiu a liberdade e o livre arbítrio como sendo o seu direito de escolher dentro da Sua vontade revelada!

A nossa geração má acredita que uma educação apropriada significa ter sido exposta a todas as falsas idéias das religiões pagãs e dos filósofos perversos. Que perda de tempo e de dinheiro! E que experiência perigosa! Que resultados temos para mostrar? Um grupo de pessoas altamente educadas sem o conhecimento e a compreensão de uma criança! Da evolução ao aborto, do divórcio à sodomia e da proteção animal à eutanásia, eles se desviaram do conhecimento que todo agricultor tinha há 100 anos atrás. Que Deus seja verdadeiro!

"Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes." (ICo 15:33), como Paulo advertiu sobriamente. Salomão ensinou, "Anda com os sábios e serás sábio, mas o companheiro dos tolos será afligido." (Pv 13:20). Veja os comentários dos versículos de Provérbios 13:10 e de Provérbios 25:5. A falsa instrução eventualmente fará com que você se desvie das palavras do conhecimento. Discrição e prudência exigem que você fique longe das idéias e mentiras vãs, de forma a evitar o risco de ter o seu entendimento verdadeiro e correto corrompido pelo pensamento tolo.

Não existe uma opção de concordar em discordar. Estas são as palavras idióticas e mentirosas dos comprometedores. Se a palavra de Deus tratou de um determinado assunto, todo o homem deve concordar totalmente com Ele e odiar todas as demais idéias divergentes (Sl 119:113,128) Se Deus não tratou de um determinado assunto, então ele é puramente uma preferência pessoal; não há necessidade de um acordo. Assim que você identifica um insensato, afaste-se dele, para a salvação da sua alma (Pv 14:7).

O nosso provérbio não proíbe a corrupção pela falsa instrução. O nosso provérbio proíbe até o ouvir a falsa instrução. Considere a força da proibição. Como Paulo avisou, você estará enganando a si mesmo ao pensar que pode ouvir as falsas idéias e não permitir que elas corrompam a sua maneira de ser. A questão em discussão é o de recusar até mesmo o ouvir instruções errôneas. Não basta afirmar que não vai deixar a televisão corrompê-lo. O Senhor diz para parar de assisti-lo!

Existe uma expressão no sul dos Estados Unidos que diz, "Coma a galinha e jogue fora os ossos." Mas isso é um jogo perigoso e contrário às Escrituras. Você será facilmente enganado e levado a considerar que alguns ossos da galinha são bons, e você acaba se engasgando com eles. É muito melhor comer o filé sem osso do peito da galinha, cortado cuidadosamente e somente tirada da Palavra de Deus!

Pais, veja que este provérbio foi endereçado de Salomão para o filho dele. É o seu dever como pai guardar o seu filho (e filha) de instruções que podem levá-lo a desviar da verdade. Use de qualquer meio necessário - mantenha as informações instrucionais nobres e verdadeiras em sua vida. E todo o jovem deve compreender a séria necessidade desta restrição.

Quão exclusivos devem ser os santos? João rejeitou até a idéia de saudar os heréticos (IIJo 1:10-11). Paulo amaldiçoou qualquer pregação diferente da que ele fazia, mesmo se fosse por um anjo (Gl 1:6-9). Se algum homem poderia lidar com falsas idéias, seriam os ministros de Cristo; mas Paulo disse a Timóteo para se afastar delas (ITm 6:3-5,20; IITm 3:5). Que é o mesmo aviso dado por ele a todos os santos (Rm 16:17-18; IITs 3:6).

Qual deve ser o nível de tolerância dos santos? Moisés exigiu a aplicação da pena de morte aos falsos profetas, mesmo que eles tivessem fazendo milagres (Dt 13:1-5)! Paulo disse aos santos para se aterem à tradição apostólica, sem titubearem (IITs 2:15). Eles deveriam medir todas as idéias pela Palavra de Deus e rejeitar qualquer uma que não fosse totalmente compatível (Is 8:20; ITs 5:21; IJo 4:1-6). Pois fomos encarregados de contendermos diligentemente pela fé que uma vez foi dada aos santos (Jd 1:3). Pastores e professores foram dados para manterem firmes os santos de forma que não fossem levados em roda por todo o vento de doutrina (Ef 4:14).

Sabedoria e conhecimento são produtos preciosos (Pv 4:7; 23:23), e instruções falsas podem corromper e roubar os seus bens. Se afaste do ladrão e do pervertido, que rouba a verdade e a substitui pelo erro. As tradições dos homens da igreja romana certamente se enquadram nesta categoria e, da mesma forma, as grandiosas instruções ecumênicas apresentadas por Billy Graham, Bill Gothard, James Dobson, Bill McCartney e outros comprometedores semelhantes.

Jesus é o Bom Pastor, pois Ele protege as Suas ovelhas dos ladrões e salteadores que veem para destruí-los (Jo 10:1-18). Ele é o caminho; Ele é a verdade; Ele é a vida (Jo 14:6). Todo o Seu sermão na montanha teve como propósito expor a instrução errada dos fariseus, o que tinha levado muitos a se desviarem da Lei de Deus. Ele a restaurou à original intenção do SENHOR, com autoridade dogmática, e o povo se maravilhava (Mt 7:28-29).