Provérbios 18:20

Do fruto da boca de cada um se fartará o seu ventre; dos renovos dos seus lábios se fartará.

Play Audio

Você quer ser feliz e bem sucedido? Você pode! Aqui há sabedoria para encontrar a realização e a paz na vida: aprenda a falar melhor (Pv 18:21). O provérbio tem muitas figuras de linguagem, mas a lição é simples. Se você melhorar a sua fala, você será abençoado de muitas maneiras por Deus, pelos outros e até mesmo pela sua própria alma (Pv 14:14). Tome posse da sabedoria!

Seu ventre aqui é o seu homem interior - seu coração, alma ou espírito (Pv 13:25; 18:8; 20:27,30). Ele é completo e satisfeito quando você fala bem (Pv 15:23) O fruto de sua boca é palavras agradáveis e sábias, que é o comportamento adquirido de falar corretamente (Pv 16:13; 22:11; 24:26; 25:11). Você pode dar a si mesmo o prazer pela maneira nobre de falar! Palavras bondosas e boas certamente ajudam aqueles que ouvem, mas também trazem recompensas ao que fala (Pv 12:14; 13:2).

O renovo dos seus lábios neste provérbio é o aperfeiçoamento de seu modo de falar que você realiza ao aprender as regras da sabedoria para a língua e para os lábios (Pv 15:28; 16:23). Salomão tinha muito a dizer a este respeito e você pode aumentar a doçura e o valor de sua fala ao governar as suas palavras para a glória de Deus e o benefício do homem. Este aumento, como o fruto da primeira sentença, trará bênção, honra e riquezas para a sua vida.

Leitor! Quantas vezes você disse para si mesmo, "Porque eu disse aquilo?" Se você tem uma consciência (todos os homens bons têm consciências fortes), então você fica entristecido por palavras tolas e ofensivas que você deixou escapar da sua boca. É esta dor frustrante em sua vida que você pode eliminar ao aprender a falar agradavelmente. Salomão sabia da possibilidade aumentada de pecar com o muito falar e, por isso, ele recomendou o uso de poucas palavras (Pv 10:19; 17:27-28; Ec 5:1-3). Este ditado é sábio: Se você não consegue dizer nada de bom e de útil, então não diga nada.

Leitor! Quantas vezes os outros já disseram, "Porque ela disse aquilo?" Você já deixou outros sangrando pela penetração da espada que há na sua boca (Pv 12:18)? Sua língua é para a saúde e o enriquecimento de outros; mas você os deixa frequentemente enfurecidos, entristecidos ou confusos. Algumas vezes eles falam a este respeito com você; a maior parte das vezes eles simplesmente sofrem em silêncio. Quando você descobre a dor e o sofrimento que você causou, isto se torna uma carga para a sua alma. É a sua sabedoria e honra aprender palavras que encorajam e instruem outros (Pv 10:20-21; 16:24).

Deus lhe deu uma língua para outras coisas além de ajudar a engolir o alimento. Ele a chama de sua glória (Sl 30:12; 108:1). Pelo seu uso apropriado, você pode dar glória a Deus e ser glorioso para os outros. Você pode ser uma árvore de vida para os outros pelo modo de falar proveitoso e encorajador (Pv 15:4; Ef 4:29). Como é que podemos valorizar o homem que bondosamente ensina a verdade e a sabedoria aos outros (Ne 8:12; Lc 24:32; At 8:26-35)? Você pode fazer isto aprendendo o livro de Provérbios (Pv 1:1-4; 22:17-21)!

É fácil mudar os seus hábitos da fala? É mais fácil treinar uma cobra para sorver leite de uma tigela e ronronar em seu colo (Tg 3:1-12)! Mas Deus lhe deu o livro de Provérbios! Guarde o seu falar! Reduza à metade as suas palavras! Pense antes de falar! Governe o seu espírito! Ame a graciosidade! Faça com que cada palavra seja proveitosa e bondosa! Despreze a grosseria! Odeie o fuxico! Purifique os seus pensamentos! Rejeite indiscrições insensatas! Se esforce para ouvir mais!

A sua consciência lhe entristece quando fosse fala insensatamente? Deveria! Ela faz, se você é um homem bom com uma consciência ativa. Mas o que você vai sentir no Dia do Juízo, quando você tiver prestar contas ao Senhor da glória por cada palavra ociosa (Mt 12:34-37)? Não é de se admirar que Isaías gritasse em tristeza a respeito do seu falar impuro na presença de Deus (Is 6:1-7). Você pode se regozijar em si mesmo, independentemente daquilo que os outros pensam, pela boa maneira de falar (Gl 6:4). Você pode ficar satisfeito e realizado pelo falar sábio e virtuoso. Senhor ajude-nos.