Provérbios 18:16

O presente do homem alarga-lhe o caminho e leva-o à presença dos grandes.

Play Audio

Presentes são poderosos. Salomão sabia o poder deles para o bem e para o mal. Ele advertiu contra o suborno para corromper a justiça e perverter o juízo (Pv 17:8,23; 19:6). Mas ele também sabia que presentes serviam uma causa nobre obtendo favor e recompensando a bondade (IRs 5:1-12; IRs 10:1-13).

O provérbio fala do presente de um homem abrindo espaço para ele - abrindo portas de oportunidade e privilégio que de outra forma estava fora dos limites. Uma gorjeta boa ao maître geralmente pode conseguir assentos ou abrir mesas que estavam reservadas momentos antes. Nenhum espetáculo está lotado pelo preço certo! Toda pousada tem quarto quando o presente é adequado!

O provérbio fala do presente de um homem levado à presença de grandes homens - ele ganha entrada à presença daqueles que estão acima do doador. Um vendedor de produtos farmacêuticos pode conseguir alguns minutos com um médico ao dar um presente para as enfermeiras. O presidente de um banco fará uma festa para um grande depositante, e um senador jogará golfe com você se houver uma contribuição de tamanho para a sua campanha.

O poder do presente pode ser abusado. Dar e receber um presente com o objetivo de corromper a justiça é suborno. É um pecado terrível, tanto para o doador quando ao recebedor. O Deus celestial condena subornos (Êx 23:8; Dt 16:19; Sl 26:10; Is 5:23; Ez 22:12; Am 5:12; Mq 7:3). Os filhos de Samuel aceitavam subornos, mas Samuel jamais fez tal coisa (ISm 8:3; 12:3).

Qualquer pessoa exercendo cargo de autoridade enfrenta a tentação de comprometer o seu juízo por causa de um presente ou favor que lhe é dado por alguém necessitado de complacência. A governantes são constantemente oferecidos benefícios para promover a causa do doador. Empregadores são subornados de várias maneiras para darem oportunidade de emprego. Pastores são bajulados por misericórdia, e até mesmo pais fazem vista grossa aos favores de uma criança desobediente.

Dádivas podem ser usadas para fins nobres (Pv 21:14). O servo de Abraão encontrou uma noiva para Isaque com presentes (Gn 24:53). Jacó os usou para apaziguar a Esaú (Gn 32:3-21). Ele também enviou presentes para obter favor na corte de Faraó. (Gn 43:11-14). Eúde usou presentes em sua missão (Jz 3:15-23). E Abigail esfriou o coração de Davi com um presente necessitado para os seus homens (ISm 25:18 e 35).

Existem duas lições. Presentes como suborno é maldade, corrompendo as bases da justiça. Não devem ser dados nem recebidos. Homens que fazem uma coisa ou outra não são dignos de confiança. Presentes para obter favores devem ser criteriosos, sem qualquer aparência ou sentido de um comprometimento.

O Deus verdadeiro e vivente é o maior Ser no universo! Como pode qualquer homem jamais se achegar a Ele? Como é que se obtém espaço no céu? Através da dádiva de Jesus Cristo, Quem abriu completamente o caminho de entrada à presença de Deus (Ef 2:18; Hb 4:14-16; 10:19-22).