Provérbios 17:24

No rosto do sábio se vê a sabedoria, mas os olhos do louco estão nas extremidades da terra.

Play Audio

Você tem visto pessoas tolas. Eles pulam de uma coisa para outra. Eles ficam excitados com isto e depois com aquilo. Eles estão sempre buscando a felicidade e o sucesso, o que nunca encontram. Eles amam coisas novas. Eles não conseguem se concentrar em questões importantes. Eles são facilmente distraídos dos seus deveres como crianças. Eles procuram em lugares estranhos as suas respostas. Eles sonham. Eles falam demais. Eles não estão contentes. Eles são instáveis, inconstantes e facilmente confundidos.

Mas um homem sábio é muito diferente. Ele tem a compreensão como o guia e regra de sua conduta. Ele está concentrado em todos os aspectos da vida com um objetivo determinado de guardar os mandamentos de Deus. Ele não se esqueceu do que lhe foi ensinado, nem tampouco é ignorante a respeito das Escrituras. Ele busca na Bíblia por conhecimento e sabedoria e ele põe à prova todas as coisas por ela (At 17:11; ITs 5:21). Ele está contente com a vida e confiante em quase toda situação difícil.

Tolos geralmente são zombadores - ressentem a correção e a instrução - e, por isso eles aprendem muito pouco (Pv 14:6). Um tolo é tão motivado por tolices que ele evita a sabedoria e o entendimento (Pv 15:14). Um tolo é tão preguiçoso que ele nunca aplica a diligência exigida para adquirir sabedoria, pois ele prefere apreciar e declarar os seus próprios pensamentos (Pv 18:1-2). E tolos são arrogantes, o que torna impossível para eles identificarem e aprenderem a sabedoria (Pv 26:12).

Homens sábios não apreciam o sonhar acordado ou a especulação. Eles preferem refletir mais a serem divertidos (Sl 143:5). Eles preferem a meditação acima da imaginação, instrução acima do lazer, e autodeterminação acima da auto realização. Eles querem a verdade e a definem como sendo a palavra certa de Deus na Bíblia (Pv 22:17-21). Eles não têm nenhuma consideração pela opinião dos homens (Sl 119:98-100). Eles não precisam buscar a sabedoria, pois ela está diante deles (Pv 14:6). Eles esconderam a sabedoria em seus corações (Sl 119:11,128), e eles meditam nela dia e noite (Sl 1:3).

Você chegou à terra não sabendo nada. Você está aqui por um curto período e todo o seu dever é temer a Deus e guardar os seus mandamentos (Ec 12:13-14). Sua carne, a parte pecaminosa depravada do seu ser, enxerga com a cobiça dos olhos (I Jo 2:15-17). Satanás e o mundo oferecem muitas coisas à vista (Lc 4:5-7). O tolo se entrega às suas concupiscências e gasta a sua vida correndo atrás de ilusões. Mas Davi pediu para ser salvo de contemplar a vaidade (Sl 119:37)!

É tolice gastar a sua vida ansiando por algo melhor, enquanto você corre em direção a algo amargo! Morte! A piedade com contentamento é grande ganho (ITm 6:6). Você não consegue superar esta simples regra para uma vida bem sucedida. A piedade é o viver prudentemente com sabedoria como sendo a sua grande busca (Pv 4:5-9; 8:17). Contentamento é a apreciação por Deus ser o seu amigo e confiando Nele pelas coisas que nos deu como sendo as melhores (Hb 13:5-6). Mas os tolos precisam sonhar (Ec 6:9)!

Mas o tolo prefere estudar a política da ONU, as alucinações do treinamento infantil de Ben Spock, a prática da ioga, ou assistir o estilo de vida dos ricos e famosos na televisão ao invés de aplicar a palavra de Deus na salvação de sua família.

O mantra do tolo é, "Eu vivo a vida com uma mente aberta." Sua mente está tão aberta que qualquer coisa entra nela e nada de valor permanece! O mundo envia uma corrente firme de propaganda, tendências, opiniões públicas, pressão dos seus pares, perguntas e outras formas de manipulações para dobrar as suas mentes à vontade de Satanás, que dá um riso forçado com uma alegria perversa pela sua mantra tola que permite a entrada do pai da mentira na alma dele. Sele a sua mente com a palavra de Deus (Sl 119:128)!

Existem importantes objetivos para a vida e há tolos desperdícios de vida. Conhecimento é melhor do que a ignorância, a sabedoria mais do que a tolice, justiça mais do que a maldade, o céu ao invés do inferno, e Deus ao invés do homem. Enquanto Marta estava preocupada com detalhes que a distraíam, Maria conheceu que a única coisa necessária para a sua vida era ouvir a instrução do Senhor Jesus Cristo (Lc 10:38-42). Leitor, qual seria a classificação que o Salvador atribuiria a você? Como Marta? Ou Maria?

De forma a salvar você de si mesmo, e do seu desejo ambulante, o Senhor do céu chamou, preparou e enviou homens para serem pastores e professores (Sl 68:18; Ec 12:8-14; Jr 3:15; Ml 2:7; Ef 4:8-12; IITm 3:16-17). Qual é o trabalho deles? Não é obra social! Não é administração! Não é praticar casamentos e funerais! Não é monastérios! Não é trabalho teológico enfadonho! O trabalho deles é o de guardar os seus olhos em sua cabeça e o seu coração na verdade: eles o aperfeiçoarão para evitar que você seja agitado de um lado para outro como o tolo (Ef 4:13-14; Cl 1:28-29).

Você tem procurado por um desses homens? Você pode se submeter às suas instruções a respeito das verdadeiras prioridades da vida? Se você pode, você está cheio de entendimento e a sabedoria está diretamente à sua frente. Ele rejeitará perguntas tolas e não esclarecedoras, pois ele quer que você esteja estabelecido na fé que uma vez foi entregue pelos santos. Ele operará com o Espírito de Deus para conformar cada uma de suas imaginações e pensamentos à palavra inspirada e infalível de Deus (IICo 10:4-6).

Mas você consegue se concentrar por uma ou duas horas por semana em suas instruções? A maioria não consegue. Jesus Cristo os descreveu como ouvintes à beira do caminho. A pregação não encontra um lugar hospedeiro em suas mentes e corações despreparados, e o diabo rapidamente a tira dali. Eles saem de todas as reuniões da igreja mais ignorantes do que quando foram para lá. Literalmente! Leia isto (Lc 8:12,18)!

Pelo fato de não gostarem da insistência na correção, instrução, repreensão e alertas, eles buscam professores mais dóceis. Eles querem professores que os entretenham com fábulas e que ajudam a explorar a vala do detrito da imaginação e educação humana (Is 30:8-11; ITm 6:3-5,20-21; IITm 4:3-4). Ó, como eles gostam de aprender! Ensine-me mais, eles gritam! Mas Deus prometeu lhes enviar fortes enganos para acreditarem a mentira (IITs 2:9-12; IITm 3:6-7).

Leitor, você tem uma escolha! É uma escolha séria! Você está lendo uma das muitas ofertas de sabedoria. Está diante de você, se você tiver um coração compreensivo. É repugnante se os seus olhos preferem os fins da terra. Elimine qualquer distração e busque a sabedoria (Pv 4:7; 18:1).