Provérbios 17:5

O que escarnece do pobre insulta ao que o criou; o que se alegra da calamidade não ficará impune.

Play Audio

Uma menina rica caçoa de uma menina pobre em sua classe. Um garoto atlético escarnece de um menino retardado. Um homem ri quando o seu concorrente morre num desastre automobilístico. Você deve ficar grandemente enraivecido por tais atos de insensibilidade e de crueldade maligna. Deus fica! Você deveria ter vontade de punir severamente tal insolência! Deus terá! Você deveria educar os seus filhos para nunca pensarem desta forma!

Deus permite que alguns homens sejam pobres. Rir deles é ofendê-Lo, pois Ele os fez diferentes um do outro, não foi você! As bênçãos que você tem em sua vida são devidas pela bondade misericordiosa Dele (ICo 4:7). Você não pode se gabar das suas bênçãos por serem os resultados das suas realizações, nem se exultar malignamente sobre outras pessoas que não as tenham recebidas. Foi Deus quem fez a diferença entre você e os outros; adore-O com humildade!

Deus julga o homem pela justiça santa e perfeita. Seus decretos secretos estão longe de suas vistas. Ele possui objetivos infinitamente sábios em todos os julgamentos deste mundo. Se você fica feliz quando o seu inimigo pessoal é abatido, você estará se vingando indiretamente (Pv 24:17-18)! Você estará presumindo que Deus fez isso para lhe honrar! Você tem um coração mau! Você será punido!

Existem atos de Deus e existem atos de tolos. Você sabe a diferença? Quando um homem nasce cego, isso é um ato de Deus para a Sua própria glória (Jo 9:1-3). Devemos cuidar de pessoas assim com profunda humildade e tenra compaixão. Mas quando os homens de Sodoma foram feridos com a cegueira à porta da casa de Ló, devemos nos regozijar com santas gargalhadas (Gn 19:11)!

Existem inimigos de Deus e da verdade, e você tem inimigos pessoais. Você conhece a diferença? Quando os seus inimigos pessoais lhe batem no rosto, você deve voltar para ele o outro lado da face (Mt 5:38-48). Mas quando os inimigos de Deus estão procurando destruir a Sua igreja, é hora de celebrar e dançar quando os seus corpos aparecem na praia (Êx 15:1-21).

Os homens sábios conhecem essas diferenças. Deus ri dos tolos quando eles se metem em dificuldades (Pv 1:26), e santa justiça é feita quando rimos com Ele (Sl 52:6-7). Deus odeia os seus inimigos, e nós também devemos odiá-los (Sl 139:21-22). Um salmo descreve homens piedosos felizes que arremessavam os bebês babilônicos contra uma pedra (Sl 137:8-9). Zombar de homens tolos é sábio e bom; (IRs 18:27; Ec 10:12-15) zombar de homens preguiçosos é sábio e bom; (Pv 6:6-11) zombar de mulheres desagradáveis é sábio e bom (Pv 11:22; 27:15-16; 30:21-23).

Se você é abençoado, agradeça a Deus pela Sua misericórdia. Mas não despreza aqueles que não são tão abençoados assim. A diferença ocorre pela graça de Deus. Se o seu inimigo sofre, ore por ele e ajude-o (Sl 35:11-14; Lc 10:33-35). Se você ousa desprezar o pobre ou regozijar quando o seu inimigo cair, Deus vingará a sua maldade arrogante e profana! Fique avisado!