Provérbios 16:5

Abominável é ao Senhor todo arrogante de coração; é evidente que não ficará impune.

Play Audio

Você pensa que é especial? Então se arrependa antes que você se machuque! O SENHOR Jeová não tolera alguém que pense mais alto de si mesmo em seu coração. Não importa o quanto você é importante, ou quantos amigos que você possa ter, você certamente será punido; o próprio SENHOR se certificará disso. Humilhe-se no seu coração neste instante!

Você não é nada (Sl 39:5,11)! Você é verdadeiramente menor do que nada (Sl 62:9; Is 40:17). Você chegou num estado de total ignorância, sujando a si mesmo e vai sair da mesma forma. Se você pensa que é bem sucedido, você talvez deixe para trás um pequeno patrimônio que será gasto em poucos meses. O dia da sua morte terá sido esquecido em semanas e a sua sepultura ficará perdida.

Suas realizações são nada, e serão esquecidas antes do seu enterro, quando você não pode nem mais lembrar do seu nome. Você é tão frágil e fraco que um prendedor de roupa no seu nariz pode por fim à sua existência (Is 2:22). Sua alma vive numa casa de barro, a base do seu corpo é mera poeira; e você pode ser morto mais facilmente do que uma traça (Jó 4:19). Desça do seu cavalo!

O abençoado e terrível Deus do céu e da terra abomina e detesta pessoas orgulhosas (Sl 113:5-6). Ele é extremamente indignado e intensamente avesso às arrogâncias e opiniões deles. Ele os odeia e aos seus pensamentos e aparências orgulhosas (Pv 6:16-19; 15:9).

E Ele os esmagará e moerá até o pó neste mundo e no além (Jó 40:9-14; Dn 4:37).

As palavras, "soberba no coração" especifica o pecado que Deus odeia. É uma elevada opinião de si mesmo, que o conduz a uma atitude de superioridade e desprezo acima dos outros; é uma autoestima desordenada. O ato de se gabar não está em consideração aqui. Você pode guardar a sua soberba para si mesmo. Mas Deus a vê, e Ele julgará. Você deve pensar a respeito de si mesmo com humildade e sobriedade, para que você não minta para si mesmo a respeito dos seus valores (Pv 16:18-19; Rm 12:3; Gl 6:3; Fp 2:3-4; IITm 3:1-5).

Considere este terrível pecado! Você pode evitar aquilo que causa a concupiscência dos olhos (Sl 101:3). Você pode rejeitar a oportunidade para a concupiscência da carne (Rm 13:14). Mas o que dizer a respeito da soberba? Ela sussurra ao seu coração a cada minuto de cada dia - e noite! Mesmo na cama os seus pensamentos podem ser arrogantes e críticos - comparando a si mesmo com os outros. Em cada ato e evento da vida, existe uma constante tentação da soberba se infiltrar. Senhor, tenha misericórdia!

As palavras "mesmo que a mão se junte a outra" descrevem o entendimento e a associação com outros por questões de segurança. Não importa se os outros o bajulam, ou também são tão soberbos quanto você. Não importa que cuidados você toma para se proteger. Não importa se você tenta ser justo em outras áreas da sua vida. Você não conseguirá esconder de Deus este pecado. Deus o derrubará - dura e rapidamente - com certeza!

O primeiro pecado no universo foi a soberba - a soberba de Satanás (ITm 3:6). E ele foi punido por ela. Qual foi o grau de severidade? Ele e os seus anjos estão reservados para o tormento eterno no inferno para sempre (Mt 25:41; IIPe 2:4; Ap 20:10). As grandes habilidades do diabo não puderam salvá-lo de maneira alguma.

Você é soberbo no coração? Descubra! Você deseja que os outros tratem você melhor? Por quê? Deve ser porque você acredita que é importante. Você se preocupa se os outros o admiram? Você resiste à correção e à instrução? Você tem inveja e se ressente das bênçãos dos outros? Você consegue relacionar de que maneira você é melhor do que os outros? Você se alegra um pouco com os fracassos deles?

Seu egoísmo faz com que o servir seja difícil? Você fica na defensiva diante da repreensão e de alertas? Você merece mais reconhecimento público? Você consegue se desculpar com facilidade, plena e rapidamente? Você choraminga a respeito de circunstâncias injustas? Seu cônjuge precisa pedir desculpas primeiro? Você consegue se lembrar das falhas passadas dos outros? Você gosta de discutir a respeito de "princípios"? Você pode achar que adultério, embriaguez e fumar são horríveis, mas Deus odeia a sua auto justificada soberba!

Se você persistir, você estará destruído! A Bíblia é certa - a soberba traz a penalidade! "A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda." (Pv 16:18). "Antes da ruína, gaba-se o coração do homem."(Pv 18:12). "Certamente, ele escarnece dos escarnecedores." (Pv 3:34). "Pois todo o que se exalta será humilhado." (Lc 14:11). "Deus resiste aos soberbos." (Tg 4:6).

Considerando que você tem um problema com a soberba, e Deus certamente lhe punirá, o que você pode fazer? Arrepender-se! Teme a Deus, e odeie a soberba e a arrogância (Pv 16:18; 8:13; 3:34; Lc 14:11; Tg 4:6)!

Manassés foi, provavelmente, o mais perverso rei de Israel, mas Deus o perdoou completamente quando ele se humilhou grandemente (IICr 33:1-13). E se ele foi o mais perverso rei, então Acabe foi o segundo, mas Deus também honrou a sua humildade (IRs 21:25-20). O que é que Deus exige? Que andes humildemente com Ele (Mq 6:8).

Deseja matar a soberba? Confesse plenamente os seus pecados (Tg 4:5-10). Obtenha a visão de Deus e esmague o seu coração diante Dele (Sl 4:4; Is 57:15). Ore como um tolo (IRs 3:7; Sl 131:2). Nunca elogie a si mesmo, nem mesmo indiretamente (Pv 27:2). Sempre admita que aquilo que você é e tem é uma dádiva (ICo 4:7). Conte as suas fraquezas para que os outros saibam quem você realmente é (Rm 7:8; Tg 5:16).

Desculpe-se rapidamente e admita culpa inqualificável (Mt 5:23-24). Agradeça àqueles que o admoestam e corrigem (Sl 141:5). Faça com que os outros e aquilo que é deles seja mais importante (Fp 2:3-4). Rebaixe-se e desfrute do que não é atrativo (Rm 12:16). Não se compare com os outros (IICo 10:12). Aprenda a verdadeira caridade (ICo 13:4-7). Seja um grande servidor (Lc 22:24-27).

Ainda quer eliminar a soberba? Evite a notoriedade tanto quanto possível (Lc 14:7-12). Tenha prazer em servir aqueles que não podem lhe retribuir (Lc 14:12-14). Pratique a sua caridade em segredo (Mt 6:1-4). Alegre-se em perdoar aqueles que lhe fizeram mal (Mt 18:21-22). Abaixe-se e desfrute da situação! O SENHOR ficará feliz e Ele o abençoará tão certo quanto punirá o soberbo.