Provérbios 15:7

Os lábios dos sábios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não fará assim.

Play Audio

Homens sábios usam a boca para transmitir conhecimento, mas o discurso dos tolos não ajuda ninguém. Se você é sábio, outros se beneficiarão de suas palavras; se você é tolo ou outros não serão beneficiados.

Uma simples figura de linguagem esta evidenciada aqui. Dois músculos cor-de-rosa que decoram a sua boca não pode distribuir conhecimento e nem tampouco uma bomba do tamanho do seu punho que está dentro do seu peito. Estas são metonímias de linguagem - seu coração cria palavras e seus lábios as articulam. Homens sábios usam a fala para ajudar a outros, mas os tolos não. Para entender provérbios, você precisa reconhecer figuras simples como esta, assim as mais difíceis se tornarão mais fáceis.

De que maneira você vai impactar a outros pela sua fala? Você vai aumentar o conhecimento deles? Ou você vai simplesmente encher os ouvidos deles de barulho e sem nenhum benefício? Deus lhe deu um coração e lábios para louvá-lo e ajudar a outros. E Ele lhe deu as Escrituras para encher o seu coração de conhecimento, para que você tenha palavras maravilhosas para falar (Pv 22:17-21; IITm 3:16-17).

Palavras escolhidas cuidadosamente e sabiamente proferidas são lindas, pelas quais tanto Deus quanto os homens o terão em alta estima e favor (Pv 12:14,18; 15:23; 16:13,24; 22:11; 24:26; 25:11). E homens sábios usam tais palavras para alimentar a muitos (Pv 10:21). Eles são árvores de vida à sua volta, mas os tolos são armadilhas de pecado e de morte (Pv 11:30; 15:4). A quantas pessoas você alimenta?

Tolos falam demais, mas as suas palavras são apenas barulho (Ec 5:3; 7:6; 10:12-14). Por isso o nosso santo Deus condenou a fala e os gracejos tolos como pecados comparáveis à fornicação e à imundícia (Ef 5:3-10). Que cada discípulo de Cristo rejeite tal modo de falar! O juízo se aproxima!

O que é conhecimento? Conhecimento não são fatos triviais; não são novidades a respeito de outros; não são a conversas casuais; não é a tagarelice insignificante; nem é o discurso mundano. Conhecimento é conselho que glorifica a Deus e conduz a pessoa do pecado para o céu e para a santidade.

Todo o que crê pode ensinar. O nosso apóstolo repreendeu os santos hebraicos pela ignorância deles e pela necessidade de professores e instruções simples. Já era tempo de serem capazes de ensinar a outros, mas eles haviam dissipado o que haviam aprendido e a capacidade de falar (Hb 5:12-14).

O nosso abençoado Senhor tinha a língua dos aprendidos e também sabia falar bem (Is 50:4). E Ele usou a Sua faculdade de falar para confortar, alimentar, advertir e repreender a muitos (Is 61:1-3). Caro leitor, a ignorância abunda, e outros precisam de você. Você distribuirá o conhecimento de Deus hoje com a sua boa? Ou você vai encher o ar com barulho e tolice?