Provérbios 14:24

A coroa dos sábios é a sua riqueza, a estultícia dos tolos é só estultícia.

Play Audio

A sabedoria obtém resultados! Um homem sábio trabalha diligente e prudentemente; ele evita riscos e esquemas desnecessários; ele adquire sucesso e prosperidade econômica. Ele teme a Deus e obedece aos seus mandamentos, o que traz favor e bênçãos divinas sobre a sua vida. Seu progresso financeiro confirma a sua sabedoria, honra seus esforços, e comprova a aprovação do Senhor.

A insensatez também colhe resultados! O insensato é preguiçoso e desperdiçador; ele apressada e ignorantemente persegue idéias vãs; ele nunca alcança muita coisa economicamente; ele continua pobre e desprezado. Ele não teme a Deus nem guarda os Seus mandamentos, e o Senhor assopra em direção contrária aos seus fracos esforços. A insensatez e as escolhas insensatas dele são óbvias para qualquer um. Ele é conhecido como um insensato.

Deus não prometeu riquezas para todos os seus filhos. Na realidade, a maioria deles são os pobres deste mundo (ICo 1:26-29; Tg 2:5). Ele prova e aperfeiçoa muitos deles através das dificuldades econômicas. Entretanto, todas as demais coisas sendo iguais, sabedoria certamente trará definitiva e rapidamente o progresso, o sucesso e a riqueza; mas tolice, da mesma forma trará declínio, destruição, pobreza e dificuldades. Tanto a sabedoria quanto a tolice trazem resultados. Escolha a sabedoria!

A sabedoria também orienta! Um homem sábio com riquezas sabe como usar o seu dinheiro para beneficiar a outros e honrar a si mesmo. Davi era rico, e ele coroou a si mesmo usando de uma maneira gloriosa a sua riqueza para edificar um magnífico templo em Jerusalém. Jó era rico, e ele foi honrado por todos pelo seu fiel e generoso cuidado com os pobres. Barnabé usou o seu patrimônio para prover os pobres na igreja de Jerusalém. E Filemon fez o mesmo.

A insensatez confunde! Um rico tolo é mais propenso à tolice do que o tolo pobre que com dificuldade sobrevive. O homem rico tem muito mais a perder e é tentado mais por sua insensatez. A prosperidade de Nabal fez com que a sua insensatez estourasse para com Davi. Roboão estava tão inchado com as suas riquezas que ele perdeu o governo de dez das doze tribos de Israel. Belsazar se gloriou em suas riquezas e perdeu uma cidade impregnável em uma só noite. Um jovem rico, por causa das suas riquezas perdeu o reino do céu.

Em geral, se tudo o mais for igual, o sucesso financeiro é o resultado de sabedoria e a pobreza é o resultado da insensatez. Ademais, riquezas são uma grande vantagem e uma ótima ferramenta para homens sábios, que coroam seus caráteres com sucesso. Mas as riquezas provocam os insensatos a maiores insensatezes ainda, pois posição e riqueza aumenta a arrogância deles e os cegam para os seus julgamentos.

Sabedoria obtém resultados e os resultados coroam de honra os seus proprietários. A sabedoria também leva os homens a usarem resultados para a glória de Deus e o benefício do homem. A insensatez expõe os tolos à vergonha de suas próprias tolices, e faz com que eles utilizem mal qualquer vantagem que têm. Obtenha a sabedoria!