Provérbios 14:11

A casa dos perversos será destruída, mas a tenda dos retos florescerá.

Play Audio

Quão próspera é a sua família? Quanto tempo durará? Que impacto terá sua prosperidade a favor da verdade e da sabedoria? Deus e os homens derrubarão a casa do ímpio, mas abençoarão e favorecerão o patrimônio do justo. Salomão observou que as famílias dos perversos vêm e vão, mas ele viu que a semente piedosa dos justos continuava prosperando por gerações (Sl 37:34-40). Temos aqui um provérbio que condena o perverso e encoraja o que é reto.

Os perversos constroem casas - locais de residência sólidos, de grande porte e permanentes - para obterem um nome para si (Sl 49:6-14). Eles confiam nas suas riquezas, inteligências, forças e reputações para livrá-los. O homem reto pode começar apenas com um barraco - frágil e temporário. Mas Deus arrasará o primeiro e abençoará o segundo. A grande reviravolta da fortuna é por decreto dos vigias - Deus favorece o homem reto!

O pecado é a ruina de famílias. Se você deseja que a sua família tenha continuidade e prosperidade, você precisa buscar a piedade e a santidade como faz o homem que é reto. Você precisa que Deus esteja em primeiro lugar em cada uma das vidas da sua família (Sl 101:3-8; 128:1-6; 144:11-15). Mas os ímpios nem levarão Deus em consideração: eles querem fazer as coisas por si só; eles não conseguem pecar o suficiente (Sl 10:4; 58:3). O Senhor garantiu por este provérbio que Ele arrasará tal homem e a sua casa.

Considere a casa de Eli, o sacerdote de Israel. Deus prometeu que a casa dele duraria para sempre como Seu sacerdote escolhido; mas ele não impedia os seus filhos de pecarem. Assim Deus derrubou a sua família em um só dia (ISm 2:12-36). Os seus dois filhos tolos foram mortos numa batalha; Eli caiu de costa e quebrou o seu pescoço quando recebeu a notícia, e a sua nora faleceu ao dar a luz (ISm 4:1-22). O Senhor acabou com a casa do perverso.

Houve também José. Seus irmãos o venderam à escravidão aos 17 anos de idade; ele foi acusado falsamente de estuprar a mulher do seu patrão; e foi jogado numa prisão. Certamente a vida e a situação dele tinham chegado ao fundo do poço! Mas ele resistiu aos avanços da mulher do seu patrão! Deus o tirou da prisão e o colocou no trono do Egito, e fez com que os seus filhos se tornassem tribos em Israel - uma herança dobrada! O barraco do justo floresceu!

Enquanto que existem outros exemplos de casas destruídas e de barracos desenvolvidos que poderíamos citar, há um acerto de contas que a maioria ignora - a morte e o Dia do Juízo. Lázaro, o mendigo, floresceu no céu enquanto que o homem rico foi atormentado no inferno.

O que você pode fazer? Ensine a sua família o temor do Deus da Bíblia (Dt 6:4-9; Sl 34:11; 78:1-8; Ef 6:4). Mantenha a prioridade deles no céu (Hb 11:8-10,13-16). Ore por eles.