Provérbios 12:24

A mão dos diligentes dominará, mas os enganadores serão tributários.

Play Audio

Diligência é a regra geral para o sucesso, e ela não exige habilidade ou educação! Mas, claro, talento e treinamento podem alavancar e realçar ainda mais a sua diligência, mas não podem substituí-la. Existe também uma maneira de ser oprimido na vida, sendo usado por outros, e que pode ocorrer apesar da habilidade ou da educação - é a preguiça. Esta é uma escolha. Ajude a si mesmo a subir a escada do sucesso pelo trabalho duro! Ou, ser preguiçoso, e carregar a escada para os outros subirem!

A diligência consiste de esforço intenso e persistente de realizar algo - trabalho duro e prolongado. O homem diligente suporta o domínio, ou ser promovido acima dos outros, que não trabalham tanto. "Mão" é a sinédoque para o homem completo, assim como o mestre de obra ordena, "mãos à obra". O uso da palavra "mão" tem valor, porque é a principal ferramenta de trabalho (Pv 10:4). Até mesmo, hoje em dia, o empregador quer homens que arregaçam as mangas e realizam a tarefa! Se um homem jovem constrói a reputação de ser diligente, ele subirá ao topo tão certo como o creme do leite!

O indolente é um homem preguiçoso. Ele não gosta de fazer esforço, evita o trabalho duro, ele dita o ritmo do seu trabalho, é lento e moroso, não gosta de ser pressionado, é intimado pelos desafios, não consegue manter grandes esforços, é facilmente distraído, e tem pouca iniciativa. Ele tem o mesmo nome de um animal muito lento e dorminhoco - é o bicho preguiça encontrado na América Central e na América do Sul! Tributos são os impostos que os reis exigem às nações conquistadas (Js 17:13; IRs 9:21). Era o pagamento da submissão para o vencedor de uma guerra. Homens preguiçosos logo estarão trabalhando para aqueles que trabalharam mais do que eles.

Salomão escreveu Provérbios para os homens jovens, especialmente para o seu filho, mas toda a sociedade humana também pode se beneficiar dos seus escritos (Pv 1:4,8). Os homens nascem com um mecanismo padrão de preguiça, porque eles são pecadores através de Adão e não querem exercer o seu papel determinado no acordo feito no Éden (Gn 2:15; 3:17-19). Eles enganam a si mesmos achando que "levar a vida na flauta" é uma vida mais fácil - porque não enxergam a dor, a pobreza, o sofrimento e os problemas que a preguiça gera. Na sua busca de tentar ajudar os homens jovens a serem bem sucedidos, Salomão enfatizou o valor da diligência.

Considere os atletas (ICo 9:24-27). Os atletas usam esta sabedoria todos os dias, dizendo, "Se eu fizer mais uma etapa, ou um conjunto de exercícios a mais do que os outros eu, eventualmente, ganharei." Eles sabem que o trabalho duro traz resultados e, por isso, eles se esforçam mais do que os seus competidores: e logo eles estão derrotando os outros nas competições! Eles não podem mudar as habilidades que Deus lhes deu, mas podem se dedicar mais do que os seus concorrentes! As pessoas que se esforçam obtém um desempenho que supera todas as expectativas e podem derrotar os talentosos!

Você pode não ser dotado, mas não precisa ser um gênio para ser o maior trabalhador na sua empresa ou no campo! Pode ser tarde demais para obter um treinamento melhor, mas você ainda pode trabalhar mais do que os homens que dependem dos seus diplomas para obter a próxima promoção. Você pode ultrapassar as “primas donas" sendo mais fiel do que eles geralmente estão dispostos a ser. Você é dotado? Você é bem treinado? Então você terá uma vantagem em um ou nos dois pontos e um grande sucesso pela diligência! Salomão analisou mais relatórios de RH do que você poderia transportar em um caminhão. Ele afirmou que a diligência funciona. Vai nessa!

Mas o que é diligencia? Basicamente aquilo que é bem feito todos os dias! Chegue cedo ao trabalho. Nunca falte ao mesmo. Seja o primeiro para se oferecer a fazer um trabalho voluntário para tarefas adicionais. Procure saber se tem mais para fazer quando há uma capacidade ociosa. Fuja de intervalos. Aplique a concentração e intensa produção durante todo o dia. Não gaste ou roube tempo para atender a questões pessoais. Fique até acabar a tarefa. Seja mais ansioso para bater o ponto de entrada do que o da saída. Trabalhe mais do que os outros. Desfrute da tensão auto imposta. Trabalhe mais ainda em tarefas difíceis. Aceite com boa disposição toda e qualquer tarefa que lhe for confiada. Atinja recordes de quantidade e de qualidade. Evite reuniões sempre que possível. Trabalhe como se o Senhor estivesse supervisionando, porque Ele certamente estará!

O que é preguiça? É chegar na hora ou atrasado. Desfrute de todos os seus dias pessoais (férias, folgas, etc.) ou de licença (saúde, paternidade, etc.). Tome um café para começar, depois de ter batido o ponto! Faça suas ligações ou escreva suas mensagens eletrônicas pessoais durante a hora do expediente. Determine o seu ritmo de trabalho para fazer a tarefa preencher o dia. Converse com os outros a respeito de questões esportivas e sociais. Tire todo o tempo dos seus intervalos. Saia na hora ou mais cedo. Nunca se ofereça para tarefas extraordinárias. Deixe tarefas sem as terminar. Pense a respeito da hora de sair. Faça sua verificação contábil da sua conta corrente no trabalho. Fique gastando mais tempo do que o necessário. Sonhe acordado. Se preocupe com excessos de pormenores que sacrificam quantidade de trabalho. Pense a respeito de suas férias. Trabalhe no mesmo ritmo daqueles que estão à sua volta. Ande devagar, Relaxe. Tire uma soneca.

A diligência é a chave para uma vida bem sucedida - não importa que aspectos de vida você esteja considerando. Desde o seu casamento até a sua casa, de seus filhos à sua alma, a diligência é o principal ingrediente para o sucesso (Pv 4:23; 5:19; 14:1; 29:15,17). Veja as muitas referências que Salomão fez a respeito da diligência (6:6-11; 10:4,26; 12:11,24,27; 13:4; 14:4; 15:19; 18:9; 19:15,24; 20:4,13; 21:5,25; 22:13,29; 23:21; 24:30-34; 26:13-16; 27:23-27; 28:19; 31:10-31; Ec 9:10)! Homem jovem, você presta atenção ao Pregador? Trabalhe agora, pois é a regra e descanse no futuro!

Faraó procurou homens para cuidar do seu gado; (Gn 47:6) Salomão aplicou este provérbio promovendo Jeroboão para sua aplicação; (IRs 11:28) Paulo trabalhou com mais abundância do que qualquer um dos demais apóstolos; (ICo 15:10; IICo 11:23) Jesus contou a parábola dos talentos para estimular a diligência nas tarefas de cada um; (Mt 25:14-30) E Deus julgou a Sodoma com severidade, particularmente por causa das mulheres ociosas (Ez 16:49). Seu futuro é agora: a diligência funciona!

A regra da diligência no trabalho faz parte da religião cristã, tendo sido ensinado direta e indiretamente no Novo Testamento (Rm 12:11; Ef 4:28; 6:5-8; Cl 3:22-25; ITs 4:11-12; IITs 3:6-14; ITm 6:1-2; Tt 2:9-10). Mas a fiel diligência em coisas espirituais trará louvor e promoção do Senhor Jesus Cristo (Mt 24:45-51; 25:20-23). E ministros diligentes são dignos de dobrada honra (ITm 5:17-18).

O vão professor de religião, o cristão carnal que procura prazeres, serão logo descobertos e lançados fora (Mt 24:24-30). Se qualquer homem tem ouvidos para ouvir, que ele ouça o elogio do injusto mordomo por planejar o seu futuro com sabedoria (Lc 16:1-12). É tão somente por cuidadosa diligência que você pode tomar posse do reino de Deus (IIPe 1:5-11).