Provérbios 11:29

O que perturba a sua casa herdará o vento, e o tolo será servo do sábio de coração.

Play Audio

Temos aqui duas maneiras pelas quais você pode causar problemas e despesas para si mesmo! Você pode abusar de privilégios ou negligenciar deveres, na sua família, e você pode acabar de mãos vazias. Seu futuro desaparecerá como o vento através dos seus dedos. Estas e outras escolhas tolas também lhe levarão para baixo: Você terminará por servir aqueles que são prudentes e sábios em suas escolhas.

Pais podem perturbar as suas famílias de várias formas. Sendo ganancioso de ganho é uma maneira óbvia (Pv 15:27). Trabalham horas demais, gastam dinheiro com iniciativas tolas, deixam de prover as suas famílias da sua atenção pessoal, são pão duros com seu dinheiro, comprometem a integridade e são mentalmente carnais, tudo na busca vã de riquezas. Homens preguiçosos e tolos também machucam as suas famílias ao privá-los de suas necessidades e oportunidades através da preguiça e da ignorância.

Os pais também podem ser autoritários, ásperos, críticos e dominantes, o que pode desencorajar as esposas e os filhos, ou provocá-los à ira (Ef 6:4; Cl 3:21). Por outro lado, um pai que evita decisões ou de ser um líder causa problemas à sua casa. A mulher e os filhos estão no mar sem um capitão. Falta-lhes segurança e direção para as suas vidas.

Enquanto os pais são aqui mencionados, todo mundo conhece mulheres e mães dominadoras que são um mal terrível (Pv 12:4; 19:13; 21:9,19; 25:24; 27:15-16; 30:21-23). Elas levam os seus filhos à raiva, amargura, desânimo, frustração e até mesmo ao ódio; apesar de tentarem livrar a cara por causa da sua odiosa conduta dizendo, "Eu só estava tentando ajudar." Elas, em tempo integral, metem o nariz onde não são chamadas, sempre fuçando, implicando e premindo sugestões acerca de assuntos não importantes da vida.

Qual é a punição para essas pessoas egoístas - pais e mães tolas? Eles perdem as suas famílias. Seus filhos mal podem esperar para casar e sair de casa. Alguns fogem antes de se casarem. Esses filhos só voltam tensos para casa. Eles querem muito escapar ao tormento de viver com pais egoístas ou críticos. Eles querem paz e tranquilidade, com afeto e felicidade, onde reina o amor; eles querem escapar dos seus pais cruéis.

Tais tolos também perdem a disputa pela vida. O creme aumenta - homens prudentes e sábios; as impurezas sedimentam - homens tolos e impulsivos. Esses perdedores terminam servindo ao sábio de coração. Têm inveja do sucesso dos sábios; imploram por caridade; tomam emprestados dos sábios; e provavelmente trabalharão para os sábios.

Incomodar a sua família tem as suas consequências. Pais tolos, que de forma egoísta negligenciam os seus filhos ou interferem de forma abominável em suas vidas, os perderão. Eles morrerão solitários, mesmo que os filhos os visitam por obrigação. Escolhas tolas custarão ao homem o seu prestígio; o homem prudente terá domínio sobre ele. Estes juízos são naturais e apropriados.