Provérbios 11:8

O justo é libertado da angústia, e o ímpio fica em seu lugar.

Play Audio

Há uma recompensa para o justo (Sl 58:11)! Deus o livra das dificuldades e coloca os ímpios aonde devem estar. Quando o justo é salvo das suas dificuldades, os ímpios vêm e tomam o seu lugar debaixo das dificuldades e do juízo (Pv 24:15-16). O SENHOR ama o justo e Ele sacrifica o ímpio por ele. Veja os comentários de Provérbios 21:18.

O SENHOR não prometeu que os justos não teriam dificuldades, mas Ele prometeu livrá-los (Jó 5:17-27; Sl 34:4-7,17-19; 50:14-15; 66:12; 91:14-16). E assim vemos Jacó, José, Davi, Jó, Daniel e Paulo, entre outros, libertos de grandes dificuldades (Gn 39:1-3; 48:15-16; IISm 22:1; Jó 42:10-17; Dn 1:17-21; IITm 4:17).

Aqui temo a inversão divina da sorte, que substitui o justo pelo ímpio! Os justos com frequência se defrontam com situações sem esperança, para o bem de suas almas, pelas providências de Deus. E os ímpios, algumas vezes, são envolvidos na perseguição aos justos em suas dificuldades, mas Ele troca a situação entre eles e deixa o ímpio para a destruição. Glória!

Hamã tinha planos para enforcar Mardoqueu na forca erguida para ele; mas o Senhor o livrou e Hamã foi enforcado ao invés dele (Et 7:9-10).

Os ímpios medos conspiraram e conseguiram lançar Daniel aos leões, mas, ao invés disso, foram eles e as suas famílias destruídas (Dn 6:24).

Os soldados profanos de Nabucodonosor foram queimados vivos pelas próprias chamas que eles haviam preparado para os três amigos de Daniel (Dn 3:22).

E dezesseis soldados romanos foram executados, ao invés de Pedro, pelo livramento glorioso do Senhor (At 12:18-19).

Os justos são tão preciosos nas afeições e vistas de Deus que Ele de boa vontade sacrificará os ímpios por eles (Is 43:3-4). Israel tinha certeza de que estavam condenados quando se acharam encurralados no Mar Vermelho pelo exército de Faraó (Êx 14:10-12), mas o SENHOR os livrou de uma forma gloriosa através do mar e afogou o exército de Faraó nele (Êx 14:21-31)! Considere o cântico e a dança de celebração de Israel à luz do cumprimento deste provérbio (Êx 15:1-21).

Penina, a outra mulher que tinha filhos, perseguia dolorosamente a Ana por ela ser estéril (ISm 1:1-6). Mas o Senhor deu a Ana graça aos olhos do seu marido, Samuel como o seu primeiro filho, e mais outros cinco filhos também (ISm 1:7-8,19-28; 2:21) Penina viveu o resto dos seus dias sabendo que o seu marido amava Ana muito mais, sabendo que o maior homem em Israel era o filho de Ana e vendo e ouvindo as outras cinco crianças felizes!

Saul perseguiu terrivelmente a Davi, perseguindo-o com grandes forças nos lugares desertos de Israel onde Davi estava com medo constante de sua vida. Mas o SENHOR trouxe sobre a nação, a guerra com os filisteus para salvar Davi o Seu justo servo (ISm 23:19-29). Você preferiria morrer pela maneira em que Saul morreu (ISm 31:1-13)? ou da maneira em que Davi morreu (IISm 23:1-5)?

O nosso Senhor foi traído, perseguido, acusado falsamente, abusado e finalmente crucificado entre dois ladrões comuns. Mas Ele foi libertado da morte para estar à mão direita de Deus, e os Seus maus inimigos foram miseravelmente destruídos (Mt 21:33-46; 22:1-7; Lc 19:27).

Os retos têm sido perseguidos e duramente atribulados por mais de dois mil anos pelos seus inimigos, mas o abençoado Senhor deles está voltando logo para corrigir toda essa situação, quando então haverá uma grande virada na sorte que durará por toda a eternidade (IITs 1:3-10; Ap 6:9-17)! Há uma recompensa para os justos! Não há necessidade de se angustiar por causa da prosperidade ou das perseguições pelos ímpios. Eles não veem o dia deles se aproximando, mas os justos, sim!