Provérbios 10:18

O que encobre o ódio tem lábios falsos, e o que difama é um insensato.

Play Audio

Temos aqui duas maneiras de pecar ao falar. Você pode ser um hipócrita e usar palavras gentis para enganar as pessoas e esconder a amargura e a inveja em seu coração. Ou você pode esparramar rumores falsos e maliciosos acerca de uma pessoa a outras. Estes dois pecados são muito difundidos hoje em dia. Honestidade e integridade transparente - claramente visível e conhecido de todos - é algo muito raro.

Ah, leitor, você consegue visualizar o que o homem sábio tinha a dizer a seguir? Ele escreveu, "Na multidão de palavras não falta transgressão, mas o que modera os seus lábios é prudente." (Pv 10:19). É difícil falar muito e não pecar - pois em cada sentença proferida existe possibilidades de pecar. Por isso o Pregador dá o sábio conselho para fechar os seus lábios para não falar tanto (Pv 17:27-28; Tg 1:19).

Quando o profeta Isaías viu o SENHOR, ele estava aterrorizado por causa dos pecados dos seus lábios (Is 6:1-7). Disse Isaías, "Então, disse eu: ai de mim, que vou perecendo! Porque eu sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos Exércitos!" (Is 6:5). Uma visão correta de Deus o levará a odiar a sua forma de falar (Sl 4:4).

O brusco apóstolo Tiago não tinha a menor misericórdia pela língua. Ele disse, "A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno." (Tg 3:6). Ele acrescentou, "Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal." (Tg 3:8).

Sua língua é chamada de sua glória, pois é um instrumento para louvar a Deus (Sl 16:9; 30:12; 57:8; At 2:26). Mas ela também amaldiçoa homens. "Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus: de uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim." (Tg 3:9-10).

Você é um tolo, se você esconde o ódio com palavras gentis. Ao invés de perdoar aos outros e por um fim ao conflito, os tolos encobrem ódio em seus corações com mentiras. Isto é horrível quando isto está na igreja. Davi orou para ser livrado de tais hipócritas, cuja mão direita é uma mão de falsidade e suas bocas falam de pretensões vazias (Sl 144:7-8,11).

Você é um tolo, se você disser qualquer coisa contra outra pessoa. Difamação é espalhar informação ou insinuação falsa a respeito dos outros. Maledicência, fofoca e cochichos são maneiras de falar usando a verdade a respeito de outra pessoa, mas são informações que prejudicam o caráter e a reputação dela.

Se você for sábio, a língua é a sua glória - para louvar a Deus e edificar a outros. Se você for um tolo, ela é a sua maldição - uma ferramenta de hipocrisia e de assassinato. Sê sábio (Pv 18:21; Ef 4:29; Cl 4:6)!