Provérbios 10:5

O que ajunta no verão é filho sábio, mas o que dorme na sega é filho que envergonha.

Play Audio

A oportunidade é uma bênção. Uma preciosa bênção de Deus. Homens sábios a exploram para gerar grandes benefícios e honras. Homens tolos a desperdiça para sua pobreza e vergonha. Homens sábios enxergam uma porta de oportunidade e correm através dela com zelo passional - eles são apoderados pelo potencial de ganho extraordinário. Homens tolos erram a porta ou presumem que ela estará sempre ali e se dirigem para as suas casas com passos preguiçosos - são entorpecidos pelo desejo de brincar ou dormir.

A oportunidade não é garantida. A vida é um cenário mutável de prosperidade e de dificuldade. O ciclo agrícola teve uma grande oportunidade durante o período da colheita. Os homens sábios juntaram tudo o que podiam com esforço e tempo adicional. Os homens tolos temiam as exigências extraordinárias e não conseguiam enxergar a recompensa e, por isso, procuravam evitar o calor do campo. "Há um tempo para ganhar e um tempo para perder", os homens sábios conhecem quando é a hora de ganhar, e os tolos sempre perdem a noção! Se você cochila, você perde!

Quando a ocasião é boa, reúna tudo que for possível para as ocasiões mais difíceis. Ambas são dadas pelo Senhor, mas a sabedoria deste provérbio lhe ensina como agir nas duas situações! Ciclos de negócios, prosperidade, depressão e promoção no trabalho são obras de Deus (Ec 7:14). Diligentemente acumule muito quando as coisas são fáceis e você terá um excedente para usar quando elas forem difíceis. Você não pode contar com o amanhã; portanto, você precisa se aprovisionar para o amanhã (Pv 22:3; 27:1,23-24).

Nesta secção de Provérbios, Salomão deu ao seu filho as regras do sucesso (Pv 10:1), e ele começou com as regras financeiras. Ele ensinou a justiça nos negócios (Pv 10:2), a providência nos negócios (Pv 10:3), e a diligência nos negócios (Pv 10:4). A regra neste caso é a prudência nos negócios - para diligentemente usar as oportunidades e acumular ativos, pois uma negligência preguiçosa com relação às oportunidades trará a pobreza. Até mesmo as formigas trabalham intensamente e armazenam no verão (Pv 6:6-11; 30:25).

Os Estados Unidos é a terra das oportunidades e tem sido assim durante muito tempo. Homens sábios tiraram vantagens dessa incrível bênção, mas os homens tolos a dissiparam tolamente. Muitos chegaram nessas plagas com nada, mas através do trabalho pesado e das pequenas economias construíram patrimônios substanciais. Outros, que nasceram nestas terras pensam que a prosperidade é fácil e desperdiçam as muitas oportunidades daqui para suas próprias pobrezas e vergonha.

Todo homem, especialmente desta abençoada nação americana, tem muitas oportunidades na educação, negócios e investimentos com grandes retornos. Precisamos enxergar a oportunidade, estar preparado para ela, e sempre capitalizar em cima dela. "O tempo e as oportunidades acontecem para todos," Mas você já explorou os tempos e as oportunidades que Deus lhe tem dado (Ec 9:11)? As maiores oportunidades ocorrem nos estágios iniciais da vida; homens jovens têm maior força e flexibilidade do que os outros; e as consequências de suas preguiças são maiores e, por isso este provérbio é dirigido principalmente aos jovens.

Jovem, você está abrindo portas educacionais para obter conhecimento, aprender habilidades valiosas, ou adquirir um comércio? Você está usando a sua receita atual com o mínimo possível de despesas de forma a acumular a semente do capital para lucrativos investimentos futuros? Você está criando relacionamentos com os seus pais e outros contatos para futuras referências? Jovem, você está trabalhando febrilmente numa companhia conhecida por efetuar promoções internas? Você sabia que brincar ou dormir agora vai lhe custar muito mais do que brincar e dormir mais tarde na vida?

Se você desperdiça oportunidades, você está tentando a Deus (Lc 4:12). Ele lhe deus os meios para o sucesso, mas você os negligenciou. Se você tem talento - de qualquer tipo, não o enterre! Quando a dificuldade se apresenta, Ele não vai lhe dar ouvidos porque você gastou o talento que Ele te deu (Pv 1:20-32; Mt 25:14-30). Se Ele abre uma porta - de qualquer tipo - corra para entrar por ela com santo zelo. Davi disse, "Com o meu Deus salto muralhas." (Sl 18:29). Glória! Muitos no mundo têm poucas oportunidades; portanto, aproveite aqueles que Ele lhe deu! Para quem foi dado muito, muito será exigido!

Eliseu deu a Jeoás, o rei de Israel, uma oportunidade de determinar o número de vitória que Israel poderia obter sobre os Siros; mas o indolente rei só bateu no chão três vezes (IIRs 13:14-19). Eliseu lamentou que ele não tivesse tirado grande vantagem dessa divina oportunidade concedida para exterminar os Siros! Caro leitor, quantas oportunidades na sua vida que você desperdiçou por só bater no chão três vezes? Confesse!

Quando a árvore do dinheiro floresce, cate tudo e economize o máximo! Quando qualquer mudança de pessoal ocorre em seu escritório, identifique o vazio e preencha-o! Quando uma estrela nascente puder ser seu mentor ou seu patrocinador, se agarre nas abas do seu vestuário com as duas mãos! Quando um homem de sucesso lhe oferece uma porção do seu negócio, faça a necessária investigação e vá em frente! Quando raras horas extras surgirem, se ofereça, antecipadamente, para trabalhar nelas! Quando você estiver lendo a palavra de Deus e sentir o conhecimento e o prazer em sua alma, leia mais tempo para plenamente capitalizar naquela graça especial!

Existem mais oportunidades além das financeiras, que você deve explorar também com zelo diligente! Que tal esta oportunidade de obter a sabedoria deste provérbio e o seu comentário! Você o está lendo com zelo abrasador e santa alegria? Você está atento para acumular aquele bem mais precioso - a sabedoria? Você está meditando em cada sentença? Você está pedindo ao Deus abençoado para prosperar os seus esforços para se tornar sábio? Ou ele terá que tirar de você aquele pouco que você tem e dá-lo a outro que se esforça mais (Lc 8:18)?

O que dizer a respeito da oportunidade de convicção para agradar o Senhor com mais perfeição? Quando a época da colheita chega à sua vida pela graça do Espírito Santo, você entra correndo por essa porta para se aproximar mais do que nunca do Deus vivo? Ou você está tão encantado com o mundo que essas portas abertas parecem mais como armários vazios em sua pressa de percorrer o corredor da vida para a vaidade e excesso dessa geração profana, perversa e condenada?

O que dizer da oportunidade de se preparar para estar diante do Rei dos reis e Senhor dos senhores? Se você entende a realidade desse evento que se aproxima, a você foi dada uma oportunidade abençoada. Você logo passará por este mundo agitado através da escuridão da morte para a luz da Sua gloriosa Presença. Como o injusto administrador, você deve estar se preparando para o tempo que há de vir (Lc 16:1-15; ITm 6:17-19).