Provérbios 10:2

Os tesouros da impiedade de nada aproveitam; mas a justiça livra da morte.

Play Audio

O crime não compensa! O pecado não trará sucesso! A maldade não pode lucrar, não importa quanta riqueza material que você possa amontoar temporariamente. Você não pode comprar de Deus o seu julgamento nesta vida ou na próxima. A justiça é a chave de uma vida bem sucedida, e ela o livrará de inúmeras mortes. Você está comprometido com a justiça, mesmo que isso venha a significar pobreza terrena?

Os homens maus podem prosperar for um pouco de tempo. Não tenha inveja deles; é uma ilusão - juízo terrível está chegando em breve (Pv 3:31-32; 23:17-18; Sl 37:1-3; 73:1-20)! Não os imites; o pecado não funciona e você perderá (Pv 11:4; Sl 49:6-14; Lc 12:15-21; Tg 5:1-3). O homem rico se regalava suntuosamente todos os dias, mas ele não podia prolongar a sua vida ou comprar o caminho para o céu. Na realidade, ele não podia comprar nem uma gota d''água para molhar a sua língua (Lc 16:19-21).

Acabe e Jezabel assassinaram a Nabote, para lhe roubar o vinhedo, mas o vinho que produzia não podia alegrar o coração do Deus santo! A vingança é minha, diz o Senhor! Até parecia que eles estavam ganhando em matéria de propriedades reais através de uma grave conspiração; mas uma flecha atirada a esmo matou Acabe e os cães lamberam o seu sangue e devoraram a Jezabel (IRs 21:1-16; 22:37-38; IIRs 9:30-37).

Se você progride através da maldade, é apenas por um momento. O prazer de Judas com as trinta peças de prata não durou muito, como as suas entranhas espalhadas testificam através de dois milênios (At 1:18-19). A família de Acã estragou o dia em que ele tomou das riquezas de Jericó (Js 7:19-26). Geazi não conseguiu trocar o produto do seu roubo pela cura da lepra (IIRs 5:20-27). Ananias e Safira retiveram uma parte do dinheiro por fraude, mas não levaram nada com eles do que do que haviam retido (At 5:1-11).

O rei da Assíria, a que Deus soberanamente usou para punir a Israel, amontoou tesouros da maldade pelo seu voraz e conquistador coração (Is 10:5-14); mas o mesmo Deus o rasgou em pedaços quando terminou a sua utilidade (Is 10:15-19). A igreja meretriz da Babilônia - o catolicismo romano e suas filhas protestantes - se apossaram de tesouro pela maldade; mas o Senhor Jesus Cristo está chegando para reduzi-la a pó (Ap 17:1-6; 18:1-24)!

O crime não compensa! O pecado não terá sucesso! "Ajuntar tesouros com língua falsa é uma vaidade fugitiva; aqueles que os buscam, buscam a morte. A violência dos ímpios arrebatá-los-á, porquanto recusam praticar a justiça." (Pv 21:6-7). "Como a perdiz que ajunta pintainhos que não são do seu ninho, assim é aquele que ajunta riquezas, mas não retamente; no meio de seus dias as deixará, e no seu fim se mostrará insensato." (Jr 17:11).

"Mas a justiça livra da morte." (Pv 10:2; 11:4) Escreveu Salomão. A justiça de Jesus Cristo livrará os seus eleitos da segunda morte - eterna no lago de fogo - pelo livro da vida (Ap 20:11-15; Rm 5:19; IICo 5:21). Mas é pela justiça pessoal que você evita a morte de sua comunhão com Deus (Tg 5:19-20; Ap 3:1). morte física pela correção (ICo 11:28-34), e tome posse da vida eternal (Sl 15:1-5; ITm 6:11-12).

Enquanto muitas pessoas têm medo ou não compreendem a importância da justiça pessoal, ela certamente está enfatizada na palavra de Deus. A invenção moderna de uma mera decisão determinando seu destino eterno é heresia. Crendo e clamando no nome de Jesus Cristo é nada sem a obediência aos seus mandamentos (Mt 7:21-23; Lc 6:46; Jo 5:29; At 10:34-35; Fp 3:8-14; ITm 6:17-19; Hb 5:9; Tg 2:14-16; IIPe 1:5-11).

Você tem inveja dos tesouros dos maus? Você deseja os seus prazeres, riquezas e confortos? A troca não vale mesmo a pena. Salomão julgou, "Melhor é o pouco com justiça, do que grandes rendas com injustiça." (Pv 16:8). E Jesus confirmou pelos seus ensinos, "Pois que aproveita ao homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? ou que dará o homem em troca da sua vida (Mt 16:26)?