Provérbios 9:11

Porque, por mim, se multiplicam os teus dias, e anos de vida se te acrescentarão.

Play Audio

Durante quanto tempo você quer viver? A Senhora Sabedoria oferece extensão de vida grátis! Se você abraçar e obedecer a sabedoria, os dias e anos de sua vida serão estendidas. Mas se você escolhe ignorar ou rejeitar a sabedoria, você ama a morte, pois ela virá logo (Pv 8:36). Salomão está terminando a sua longa personificação da sabedoria (Pv 9:12), Que começou em (Pv 8:1)

O primeiro pronome pessoal, "mim", em nosso provérbio de hoje, se refere à Senhora Sabedoria, de quem foi feita referência por pronomes semelhantes em (Pv 9:5) Salomão usou deste estilo elegante e persuasivo para apresentar o caráter e os benefícios da sabedoria, que inclui entre outras, a promessa de uma longa vida. Você está interessado?

Considere Salomão e o seu sonho procedente do SENHOR (IRs 3:5-15). Leitores ao longo de 3000 anos têm desejado ter tido a possibilidade de escolher a sabedoria e também receber os benefícios adicionais de riquezas e longa vida (IRs 3:13-14). Mas foi exatamente isto que Salomão oferece a você, pela inspiração do mesmo SENHOR - riquezas e longa vida (Pv 8:18,21; 9:11)! Tudo que você tem a fazer é escolher a sabedoria e ela oferece estas coisas como benefícios complementares! Creia nisto!

Salomão realizou mais observações sobre a vida e a analisou melhor do que qualquer um dos dez maiores pensadores do mundo. Ele resumiu as suas descobertas, sem erro, nestes provérbios, pela inspiração do Santo Espírito (Ec 1:12-18; 12:8-11). Ele observou a vida e a morte, e ele viu que o resultado da sabedoria era uma vida mais longa e da insensatez encurtava a vida (Ec 7:17; 8:13).

Cada pai deseja que os seus filhos tenham longa vida e, por esta razão, Salomão expressou várias vezes as suas observações aos seus filhos (Pv 3:2,16; 4:10; 8:35; 9:11; 10:27). Ele viu que a sabedoria contribuía para a vida naqueles que a tinham (Pv 10:16; 11:4,19; 12:28; 14:27; 19:23). Até os homens comuns sabem que vivendo duramente - viver de um modo insensato e ímpio - encurta a vida dos homens.

Mas existe outro fator além das consequências naturais da tolice e da sabedoria; existe o governo soberano de Deus, o qual dá longa vida, sobrenaturalmente, para escolhas sábias como a de honrar os seus pais (Ef 6:1-3) e mostrar misericórdia até mesmo para as criaturas selvagens (Dt 22:7).

A sabedoria pode preservar naturalmente a sua vida fazendo com que evites a dura vida dos pecadores que têm os seus dias reduzidos, ao evitar a espada da justiça do governo que vinga os crimes; ao evitar os acidentes que com frequência ceifam os tolos; ao evitar doenças associadas com certos pecados; ao evitar o juízo soberano de Deus. O qual julga cada pecador.

A verdadeira sabedoria se apossa da vida eterna e confirma a sua chamada e eleição, pois dias sem fim faz parte do futuro de todos os eleitos, tornados sábios pela graça (ITm 6:17-19; IIPe 1:10-11).