Provérbios 9:10

O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e a ciência do Santo, a prudência.

Play Audio

Os néscios dizem, "Não há Deus" (Sl 14:1; 53:1)! Eles estão irremediavelmente loucos na medida em que encaram a vida e as suas perplexidades. A crença na existência de Deus e um desejo reverente de agradá-lo é o pré-requisito da sabedoria. Saber que um Deus santo, um Ente Supremo, com poderes eternos existe, é tudo que se precisa para obter o verdadeiro entendimento. Escolha as duas coisas hoje!

Todos os homens raciocinam a partir de suposições escolhidas. Considere isto bem. Homens sábios raciocinam a partir da fé que Jeová existe e é o recompensador daqueles que diligentemente O buscam (Hebreus 11:6). Considerando que as Escrituras são facilmente prováveis como sendo a revelação divina da verdade e da sabedoria, eles levam em conta este fato importante. E dentro das Escrituras estão as respostas para cada situação. Homens sábios, começando com o temor do SENHOR, abordam a vida sobriamente e com sucesso.

O tolo raciocina a partir de sua própria existência e os pensamentos de sua imaginação depravada. Suas opiniões são baseadas nos sentimentos e na auto justificação de seus semelhantes. Ele não possui absoluto e nem limite para deter as suas alucinações. O seu próprio coração é o seu deus e ele chafurda nos seus próprios sentimentos. Ele pode chamar isso de ciência - evolução ou psicologia - mas isto são só balbucios vãos para livrar o universo de um Deus soberano e das restrições morais (ITm 6:20).

Qual das duas classes de homens é entendido? Entrar na vida como uma criança indefesa, amamentando e se sujando e depois de vinte anos achar que os seus pensamentos são nobres, sãos e sábios é o epítome da insanidade. Admitir que o universo tenha um Criador sábio, o Qual tem o direito e a sabedoria de dirigir a vida de um homem é a única concepção inteligente. As Escrituras declaram que o homem sem fé é irracional (Sl 14:1; 53:1; IITs 3:2). Amém!

Deus se revelou aos homens, mas eles O rejeitaram; por esta razão Ele os entregou a sentimentos reprováveis, que pervertem tudo, desde a identidade de Deus até o uso sexual do corpo (Rm 1:18-32). Eles são profanamente perversos, mas não têm nenhuma sabedoria ou entendimento até mesmo para reconhecerem suas depravações. Eles têm uma mentira em sua mão direita, mas não podem nem ao menos livrarem a si mesmos (Is 44:20). Eles não conseguem nem ao menos começar a ser sábios.

Eles querem nos fazer acreditar que eles podem nos falar a respeito de planetas que estão a 5.000 anos luz de distância mas não conseguem nem mesmo encontrar o Bin Laden; que uma costela de búfalo de 1845 é a perna de pica-pau de 50 trilhões de anos atrás; que uma universidade educacional de artes liberais tornam uma pessoa sábia; que a sodomia é normal; que os sindicatos de classe são um benefício para o país; que a Bíblia é uma coleção de fábulas produzidas por religiosos loucos; que a pena capital não é uma força dissuasória do crime; que Nicole Brown Simpson teve um julgamento justo; que o apartheid está errado mas que as reservas indígenas estão certas; que bater em uma criança é abuso; que rap é música, que Picasso foi um artista; que o Dilúvio é um mito mas que o "big bang" é um fato; que uma criança de 18 anos em uma instituição pública para assistência diurna enquanto os pais trabalham, tem o mesmo direito de voto que uma pessoa normal que tem bens e propriedades; que um júri formado por seus pares dispensam julgamento inteligente; que muçulmanos são um povo amante da paz; que o hinduísmo é uma religião respeitável; que os animais têm direitos mas que os maridos não têm; que Freud era mentalmente são; que duas lésbicas têm condições de serem consideradas pais; que a liberdade de expressão inclui caricaturas pornográficas do presidente; que pedir a opinião política a atrizes é inteligente; que a dívida nacional esteja se aproximando do Produto Nacional Bruto é uma forma de economia inteligente; que a separação da igreja do estado proíbe que o Procurador Geral americano faça orações; que os Beatles amam a paz: que a Britney Spears é um exemplo de modelo para meninas; que as novelas de Harry Potter são valiosas mas que o I e o II Livro de Samuel é violento; e ... entre muitos outros exemplos de pensamentos ridículos e loucos!

Leitor, humilhe-se diante do seu Criador, agora! Confesse que cada pensamento seu é uma alucinação de um pecador depravado e rebelde. Rogue a Ele por misericórdia e verdade. Prometa adorá-lo e O obedecer para sempre. Leia a sua palavra com fé e total submissão. Cancele a sua assinatura do jornal. Ame a pregação sã da Bíblia. Prove todas as coisas pela palavra de Deus, retenha o que for bom (Sl 119:128; At 17:11; ITs 5:21).