Provérbios 9:8

Não repreendas o escarnecedor, para que te não aborreça; repreende o sábio, e ele te amará.

Play Audio

Os homens respondem de duas maneiras à repreensão e à reprovação, e a diferença revela seus corações e caráter. Ou apreciam a correção, aprendem com ela, e amam o mensageiro. Ou ressentindo a rejeitam, e odeiam o mensageiro. Leitor, o que está em seu coração e em seu caráter?

Que sabedoria o Senhor está ensinando aqui? Em primeiro lugar, e menos importante, nós mesmos devemos aprender a reagir como homens sábios; mas então, mais importante, ainda, temos que aprender a reconhecer a diferença nos outros, também, pois alguns homens não merecem a repreensão e a verdade de Deus.

Os homens sábios gostam de ser corrigidos, pois eles sabem que é a única maneira de se tornarem mais sábios, ainda (Pv 9:9). E isto é verdadeiro, mesmo que a correção doa (Sl 141:5). Eles sabem que o verdadeiro amor os repreenderá e os ferirá, e eles preferem isto em lugar de beijos e amor enganosos de inimigos (Pv 27:5-6). Quando você repreende um homem assim, ele dará o devido valor e o amará por isso (Pv 25:12). Portanto, faça isso.

Mas os tolos odeiam a correção, pois seus corações ignorantes acreditam que estão certos (Pv 12:15; 23:9). Zombadores, então, são ainda piores do que os tolos, pois o orgulho enraivecido não aceitará a repreensão; e eles odiarão o mensageiro e o seu recado (Pv 9:7). O convencimento arrogante deles os leva a desprezar a instrução, a correção ou a advertência. Cuidado com eles, caro leitor.

Se um espírito é raivoso e se auto justifica, até mesmo sete homens com boas razões não o convencerão (Pv 26:6). É impressionante observar os zombadores rejeitarem o conselho e a correção que os salvaria de dificuldades, mas seus corações arrogantes não conseguem tolerar a correção. Eles alimentaram suas almas com o pão da presunção e do orgulho durante tanto tempo, que passaram do ponto de recuperação (Pv 21:24). Eles são uma abominação para os homens (Pv 24:9), e é melhor jogá-los fora (Pv 22:10).

Enquanto você possa repreendê-los algumas vezes para fecharem as suas bocas (Pv 26:5), você logo vai ter que parar de discutir com eles por boas razões (Pv 26:4). Disputar, debater, e até mesmo considerar as perguntas de tais pessoas não é sabedoria e nem certo (IITm 2:16,23; ITm 6:3-5).

O Senhor Jesus ensinou este provérbio em Mateus quando ele ordenou que não lançássemos pérolas aos porcos, nem déssemos as coisas santas aos cães (Mt 7:6). As pérolas e as coisas santas são joias preciosas da sabedoria e da verdade de Deus; E ele deu duas boas razões. Esses brutos convencidos, inicialmente zombarão de suas palavras e então se voltarão contra você.

Vamos fugir dessas pessoas más. E vamos corrigir quaisquer tendências em nossas vidas e nas dos nossos membros familiares para não nos tornarmos como eles. Nós somos dignos de sabedoria e de verdade.