Provérbios 8:21

Para fazer herdar bens permanentes aos que me amam e encher os seus tesouros.

Play Audio

A pobreza é uma escolha. O amor pela sabedoria traz substanciais tesouros a homens, famílias e nações. Esta é uma regra de economia política estabelecida pelo Deus do céu. Isto é tão certo quanto a lei da gravidade e as quatro estações do ano. Você pode negar, ignorar, ou se ressentir com a regra, mas ela continua sendo verdadeira. O único dano causado será para você mesmo. A sabedoria traz riquezas (Pv 8:18).

Sim, Deus traz provações nas vidas dos homens, mas isso não altera a regra. Ele pode provar os seus santos com perdas financeiras ou pobreza por um período de tempo, como no caso de Jó; mas a regra ainda funciona todas as vezes, considerando que nada mais mudou. Tolice traz consigo dor e pobreza a homens e nações; sabedoria traz paz e prosperidade a homens e nações (Sl 33:12; Sl 144:15).

Este provérbio faz parte da extensa personificação da sabedoria como uma mulher, feita por Salomão (Pv 8:1-36). A Senhora Sabedoria está clamando aos homens para recebê-la (Pv 8:1-11), mencionando todos os benefícios da sabedoria (Pv 8:12-21), descrevendo sua relação íntima com Deus na criação do mundo (Pv 8:22-31), e alerta os homens de que o sucesso ou o fracasso depende de como ela é tratada por eles (Pv 8:32-36).

Existem dois princípios ou forças envolvidas neste provérbio. Em primeiro lugar a sabedoria orienta os homens a trabalharem e investirem prudentemente para garantir o sucesso financeiro e isto os protege dos erros que destroem a riqueza (Pv 24:3-6). Em segundo lugar, o Deus do céu abençoa de forma sobrenatural aqueles que O temem e põem a sua confiança Nele (Pv 22:4). A sabedoria traz consigo riquezas. Creia nisso, ou perderá!

Considere o primeiro princípio. A sabedoria tem regras para o sucesso. Trabalho duro é melhor do que um novo negócio ou estratégia de investimento (Pv 14:23; 28:19). Poupança é imprescindível para a aquisição de capital para gerar outras receitas (Pv 6:8; 14:4). A autonegação em matéria de gastos é necessária para poder economizar (Pv 21:17,20). Responsabilidades contingentes desnecessárias devem ser evitadas (Pv 6:1-5; 22:26-27). Pessimismo é melhor do que o otimismo (Pv 14:15; 19:2). A sabedoria é melhor do que a força (Ec 6:10; 10:10,15).

Fica claro que homens e nações tolas rejeitam essas regras para chafurdar na pobreza. Preguiça traz consigo a pobreza (Pv 10:4; 12:24; Tt 1:12). A arrogância traz destruição financeira (Pv 26:12,16). Desculpas por ser um preguiçoso não têm valor (Pv 22:13; 26:13). Eles são vulneráveis a qualquer esquema de rápido enriquecimento (Pv 12:11; 13:11). Os que ressentem a autoridade se irritam por ter que trabalhar para os outros (Pv 17:2; 27:18). Eles assumem dívidas desnecessárias (Pv 11:15; 22:7). Eles são perdedores!

Considere o segundo princípio. Deus abençoa aqueles que O amam e obedecem. Se você busca as coisas de Deus em primeiro lugar, Ele cuidará do resto (Ag 1:5-11; Mt 6:33). Se você confessar os seus pecados, Ele lhe prosperará (Pv 28:13). Deus abençoou José e Daniel apesar das circunstâncias. Mas Ele prometeu destruir as nações que se esquecessem Dele (Sl 9:17; 50:22).

Quando você honra a Deus e vive uma vida piedosa, Ele multiplicará as suas receitas, aumentará o seu patrimônio, reduzirá as suas despesas e o protegerá contra perdas, de uma forma sobrenatural! Estas grandes bênçãos não são ensinadas em nenhuma escola de administração de empresas em qualquer lugar, e elas não podem ser obtidas sem uma total submissão ao Senhor Jesus Cristo. Considere! Se você jogar seu dinheiro fora nas causas Dele, você progredirá rapidamente (Pv 3:9-10; 11:24-27; 19:17; Lc 6:38)!

Os tesouros mais substanciais são invisíveis. São riquezas espirituais e eternas em Jesus Cristo. Moisés renunciou aos prazeres e tesouros do Egito para obter essas riquezas (Hb 11:24-26). Dentre estas estão a luz e a verdade do evangelho, que pode salvar um homem da escura ignorância e superstição deste mundo. Elas incluem a presença pessoal do Espírito de Deus, enquanto que o mundo vagueia num estupor egoísta e satânico. Elas incluem a herança eterna do Próprio Deus e a gloriosa eternidade no céu para os eleitos.