Provérbios 7:11

É apaixonada e inquieta, cujos pés não param em casa.

Play Audio

Temos aqui os traços de caráter de uma prostituta, uma adúltera. Toda mulher sábia evitará diligentemente estes traços e todos os homens sábios evitarão uma mulher que os apresenta. A sabedoria aqui está inserida numa longa descrição de uma mulher estranha que seduz e destrói um homem jovem.

Este capítulo consiste principalmente de uma parábola dramática a respeito de um jovem tentado e atraído por uma mulher estranha (Pv 7:6-23). Salomão, que sempre se apresenta como um pai sábio, a usa para estampar em seu filho e em suas crianças os perigos dessa criatura sedutora (Pv 7:1-5,24-27).

A meretriz geralmente é uma mulher ruidosa. Ela gosta de falar; fala muito; e fala alto (Pv 9:13). Ela está sempre pronta a dar a sua opinião, mesmo sendo geralmente ignorante a respeito do assunto em questão, tendo sido solicitada ou não a dá-la. Se ela se depara com qualquer resistência, ela simplesmente aumenta o tom. Ela corrige qualquer outra pessoa que esteja falando buscando pequenos detalhes que são irrelevantes.

Ela gosta de completar uma frase de outros. Você pode ouvi-la corrigindo os seus filhos e o seu marido. A disputa verbal lhe dá prazer. Ela é obstinada, cabeça dura e quer expressar sua opinião. Ela é ousada e desbocada, irritando e sendo rude com suas palavras e contrariante no seu falar. Você já a ouviu antes. Evite-a!

A mulher piedosa, que é muito superior à melhor prostituta, tem um espírito meigo e quieto, o que o próprio Deus considera de grande valor (I Pe 3:3-4). Ela lembra o seu papel de submissa; ela é sempre agradável; a bondade governa a sua boca; e ela não se importa em permanecer silenciosa (Pv 11:16; ICo 14:34-35). Ela considera a modéstia e o pudor como sendo virtudes (ITm 2:9-10). Quando ela fala, são palavras que outras pessoas apreciam (Pv 15:23; 24:26; 25:11).

Mulher cristã, você pode reduzir as suas palavras e o volume pela metade? É possível? Uma mudança tão simples assim aumentará dramaticamente a estima dos homens e mulheres de bem por você. Sua reputação crescerá com cada redução do número de palavras e decibéis (Pv 17:27-28).

A prostituta geralmente é uma mulher teimosa. Ela não gosta que lhe digam o que deve fazer; ela quer fazer as coisas a seu modo; ela ressente ter que dar satisfação a qualquer um; ela odeia a correção e a instrução. Ela é obstinada e ama as suas opiniões. Seja a autoridade ou a afeição usada para ganhá-la, ela resistirá até que a questão seja resolvida à sua maneira. Ela usará de lágrimas, ameaças, emoções, ou outras ações para resistir à liderança do seu marido e de outros.

A mulher virtuosa, que é muito superior à melhor prostituta, é alegremente submissa e pronta a seguir a liderança do seu marido (Ef 5:22-24; Cl 3:18). Ela não emburra, questiona ou contende com o seu marido. Ela sabe que foi criada para ele, e ela sabe que ela deve reverenciá-lo e temê-lo (ICo 11:9; Ef 5:33; IPe 3:1-2).

Mulher cristã, você sabia que a teimosia é uma característica desagradável em uma mulher? Isto a torna verdadeiramente odiosa (Pv 30:21-23). Uma mulher contenciosa torna infeliz a vida matrimonial (Pv 12:4; 19:3; 21:9,19). Obedeça alegremente sem responder novamente, e você verá uma melhoria na forma em que você é tratada pelo marido, família e outras pessoas.

A prostituta geralmente não gosta de ficar em casa (Pv 7:12). Os deveres domésticos de servir o marido e os filhos são entediante, frustrante e abaixo dela. Ela quer sair e passear pela cidade, neste ou naquele afã, negligenciando o seu alto chamado. Ela se sente entediada como dona de casa, ela se torna claustrofóbica; ela ama fazer compras; ela adora deixar a sua casa. Ela não se contenta em trabalhar em casa de forma fazer o melhor para a sua casa e para a sua família.

A mulher nobre, que é muito superior à melhor prostituta, ama o seu chamado doméstico e alegremente fica em casa para gerenciar a casa e tomar as providências necessárias para o seu marido e filhos (Pv 31:10-31; Gn 18:9; ITm 5:13-14; Tt 2:4,5). Ela entende o seu papel significante em apoiar o seu marido e cuidar dos filhos dele. Amamentar um bebê e preparar uma refeição para a sua família são satisfações da sua alma, mesmo que tenha que limpar o bebê bem tarde e ter uma cozinha para limpar depois do jantar.

Mulher cristã, você fará um esforço maior neste mesmo dia para ser calma, submissa e feliz em seus deveres domésticos? Você pode edificar a seu lar - sua família e seu patrimônio - pela sabedoria nestas áreas (Pv 14:1). Você pode se tornar grande à vista de Deus e dos homens ao rejeitar os traços característicos de uma mulher estranha.

Que toda mulher, que toma o nome de Cristo, rejeite a voz alta, a teimosia e o desgosto de uma vida caseira. Sim, prefira viver uma vida exemplar de um espírito calmo e meigo, submissa e reverente para com o seu marido e uma rainha doméstica descrita em Provérbios (Pv 31:10-31). Você regozijará futuramente, pois Deus abençoará seu esforço virtuoso com frutos piedosos e abençoados (Pv 31:25).

Que cada homem evite e rejeite as mulheres que apresentem estes ímpios traços característicos. Tais mulheres não merecem um lugar na sociedade e especialmente não merecem um marido que as sustentem e garantam suas vidas más. Homem jovem, a escolha é sua. Você levará a sua própria carga. Busque uma mulher graciosa e virtuosa, e rejeite todas as outras.

A grande prostituta de romana e suas filhas meretrizes têm grandes pretensões, teimosia em manter as tradições acima das Escrituras, e há muito abandonaram a simplicidade apostólica cristã. Que cada igreja se examine para se certificar que a romana não a contagiou. E que cada santo saia dela, para que você não absorva os seus pecados e pragas (Ap 18:4).

Como a verdadeira esposa de Cristo, cada cristão, de ambos os sexos, reconheça que deve a seu Senhor e Esposo uma calma submissão e prontidão para servir em Sua igreja. Cada santo deve se submeter aos seus deveres de serviço no reino de Deus. Ao invés de ficar encantado com novas doutrinas e práticas, que os Seus verdadeiros filhos encontrem seu lugar ouvindo bem, obedecendo fielmente e preenchendo o papel dado por Deus em sua igreja.