Provérbios 6:14

Perversidade há no seu coração; todo o tempo maquina mal; anda semeando contendas.

Play Audio

Você é uma pessoa perversa - uma pessoa má? Você é capaz de identificar as pessoas que são? Salomão listou as características dos homens e das mulheres maus e o castigo que os espera (Pv 6:12-15).

A sabedoria tem muitas vantagens e facetas. Temos duas aqui: você vive acima das características deste provérbio? E você consegue identificar aqueles que são ou não são maus? Sabedoria é o poder do julgamento correto e você quer alcançar os dois objetivos - o viver piedoso e o discernimento piedoso.

Salomão já havia descrito um homem perverso ou mau como sendo aquele que tem a boca perversa (Pv 6:12). Esta é uma das maneiras de facilmente identificar um homem insensato ou mau - ouça-o! A sua fala será polêmica, contrária, inapropriada, áspera, desarrazoada, ofensiva e que não mostra disposição de cooperar. A sabedoria ensina a sua boca a desviar desses pecados desprezíveis (Pv 15:28; Pv 16:23), e lhe ensina a discerni-las nos outros (Pv 9:7-8; 14:7; Ec 10:12-14).

Ele ainda descreve a inclinação do homem mau para a astúcia e táticas sutis em suas tratativas com os outros (Pv 6:13). Ao invés de ser direto, honesto, transparente, correto e objetivo, ele sorrateiramente introduz à sua volta a sua influência e a sua opinião, indicado pela descrição de Salomão a respeito do piscar de olhos e das mensagens que ele envia com os seus pés e as suas mãos. Homens piedosos são abertos e verdadeiros, sem subterfúgio de qualquer espécie. Suas nobres intenções são facilmente conhecidas.

Este provérbio deu três características adicionais do homem mau. Em primeiro lugar ele tem a boca perversa. Sua fala perversa não é meramente um hábito (Pv 6:12); ela vem de um coração perverso, implacável e desgovernado. Tais homens têm uma disposição má. Eles são agitados, arrogantes, difíceis de se lidar com eles, e difíceis de serem agradados, insubordinados, rebeldes e egoístas. Eles preferem discutir, reclamar, debater e brigar do que viver em paz. Os homens piedosos são o oposto. Eles são contentes, cooperadores, agradáveis, prestativos, bondosos, misericordiosos e pacientes.

Em segundo lugar, ele está continuamente tramando o mal. A sua mente não tem interesse nos bons e virtuosos pensamentos de um homem sábio (Fp 4:8). Ele não consegue descansar sem tramar ou conspirar para tirar vantagem dos outros (Pv 4:16; Sl 36:4; Mq 2:1). Deus odeia tais pessoas (Pv 6:18). Seus corações e mentes perversos e distorcidos estão sempre imaginando o pior para os outros e planejando meios para condená-los, destruir seus planos ou perturbar a paz deles.

Em terceiro lugar, ele é um criador de caso e perturba a paz - ele semeia discórdia. Harmonia, paz e unidade são os objetivos dos homens sábios, pois eles gostam de fazer as pazes. Mas os homens perversos são viciados em caluniar, sublevar, difamar, fofocar e cochichar. Deus odeia estas pessoas (Pv 6:19). Elas são briguentas e não conseguem guardar a sua infelicidade para si mesmas; elas têm que perturbar o contentamento e a cooperação dos outros (Pv 16:28; Pv 26:21).

O que Deus fará com uma pessoa perversa? Ele os destruirá miseravelmente (Pv 6:15)! Ele trará repentina calamidade para a vida deles para destroçá-los e lhes retribuir por toda a dor e os problemas que causaram aos outros. Ele quebrará os planos e a paz deles, e não haverá nenhuma salvação da Sua ira. "Tenha certeza que o seu pecado será descoberto". A maldade traz juízo!

Deus diz para você, "Pelo que, rejeitando toda imundícia e acúmulo de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar a vossa alma." (Tg 1:21). Rejeite os seus hábitos maus e perversos. Se arrependa e confesse-os a Deus. Vá àqueles que você maltratou para fazer as pazes ou a restituição. Não acredite, por um minuto sequer, que só o ouvir este aviso tem algum valor. A benção e a recompensa estão no fazer (Tg 1:22-27)!

Deus e Salomão ofereceram sabedoria para você neste provérbio. Um homem sábio verá os trejeitos dos homens perversos e se distanciará o quanto puder na direção oposta. Um homem sábio aprenderá a discernir e perceber as características más nos outros - para avisá-los, repreendê-los ou evitá-los. Um homem sábio investirá nos seus filhos para extirpar estas características deles. Um homem sábio agradecerá a Deus pela sabedoria da Sua palavra e pedirá por convicção para obedecê-la completamente.

Jesus Cristo foi o Homem perfeito. Ele tinha o coração mais puro que produzia a fala mais agradável (Sl 45:2; Lc 4:22). Ele estava sempre pronto para praticar o bem para o benefício terreno e eterno dos outros (Lc 7:12-15; 9:51; Jo 4:34). Ele resolvia disputas na terra e obtinha a reconciliação eterna entre Deus e os Seus eleitos (Lc 9:46-48; Cl 1:20). Siga a Ele!