Provérbios 5:23

Ele morrerá, porque sem correção andou, e, pelo excesso da sua loucura, andará errado.

Play Audio

O que acontece quando você brinca com prostitutas? Você será destruído vergonhosamente, sem esperança! O capítulo 5 fala a respeito de prostitutas - garotas e mulheres que permitem o sexo fora do casamento (Pv 5:1-14). Salomão procurou salvar o seu filho do pecado condenatório da fornicação e adultério. O remédio da sabedoria é o de se regozijar no corpo e no ato sexual com a sua esposa (Pv 5:15-19). Pois o Senhor vê e julga os pecados sexuais (Pv 5:20-21), e o vício sexual destruirá o insensato (Pv 5:22).

Porque Salomão fez tantos avisos contra as prostitutas? É porque elas são uma grande ameaça aos homens jovens, que pela juventude e hormônios são mais vulneráveis! A nossa geração torna isto ainda pior por causa do sexo livre, das garotas e mulheres fáceis, filmes e músicas pornográficas, controle da natalidade, roupas imodestas, pornografia, aulas de natação mistas, igrejas carnais, nenhuma ameaça civil, aborto, academias de ginásticas mistas, encontros não supervisionados, escritórios mistos e pais fracos.

O homem aqui foi ensinado (Pv 5:12-14). Ele foi, com frequência, bem ensinado pelos pais e pastores para se abster da fornicação (ITs 4:3-8). Ele escolheu a vida de um hipócrita que, ao frequentar uma igreja, permitiu que o seu coração e o seu corpo aceitasse a fornicação. No fim, quando este horrível pecado tiver condenado a sua alma e destruído a sua vida sem se beneficiar da instrução que recebera. Ele a rejeitou para destruir a si mesmo pelo sexo.

Pecados sexuais dão prazer por um tempo, mas é um tempo muito curto. E então vem a destruição e a miséria (Hb 11:25; Pv 5:9-11). Pergunte a Sansão! A luxúria da carne anseia o sexo, que é o desejo do corpo do homem por ele (ICo 7:1-9). A concupiscência dos olhos fantasia a respeito das mulheres seja em pessoa ou em fotos. O orgulho da vida diz ao homem que ele é o melhor e que merece o melhor e, assim, ele justifica as suas liberdades sexuais. A combinação das duas concupiscências é letal.

A vítima deslumbrada não consegue enxergar além do corpo curvilíneo, dos olhos devassos, da face atrevida, e dos lábios sedutores e ver a destruição que está mais adiante (Pv 6:25; 7:13). Acima daquela voz sedutora ele não consegue ouvir os avisos dos seus professores (Pv 5:3; 7:14-18). Suas concupiscências conspiraram entre si para tomar uma mulher por um grande prazer. Ele vai atrás dela como o boi ao abatedouro e o pássaro ao laço; ele não consegue ver que está cometendo suicídio (Pv 7:22-23; 2:18-19).

Aquilo que o homem pensou que era por prazer tornou-se a sua destruição! Sexo fora do casamento é pecado, e Deus julgará o pecado (Hb 13:4). Considerando o pecado viciador que é (Pv 5:22), ele levará o homem a se desviar de todo o bom caminho (Pv 5:23). Apesar de ele ter sido completamente instruído a respeito da vida bem sucedida, a ilusão do prazer o destruirá por dentro e por fora. Sua grande tolice é pensar que ele pode escapar das consequências que o levarão para sempre longe dos caminhos da vida.

Ouça! Quem você pensa que é? Você não é especial! Você nasceu e vai morrer igualzinho aos outros! Deus não pode ser zombado! Se você persistir nesse pecado, ele lhe dará uma mente réproba para praticar as coisas inconvenientes e arruinar a sua vida de todas as maneiras! Dê ouvidos aos seus professores! Arrependa-se hoje! Fuja, não só das prostitutas, mas corra também de qualquer coisa que tende para essa direção. Talvez Deus tenha misericórdia (Mt 5:27-30; Sl 101:3; Rm 13:14)!

Pode um prisioneiro viciado assim ser liberto? Sim! Pela dádiva do arrependimento do Senhor (IITm 2:25-26)! Mas o arrependimento deve ser do tipo que Deus reconhece e recompensa - o tipo de arrependimento piedoso que limpa os homens dos pecados (IICo 7:10-11). Davi se arrependeu do seu adultério e assassinato, e Deus graciosamente o perdoou e, gloriosamente, o livrou da destruição.

Graças sejam dadas a Deus! Jesus Cristo providenciou a lavagem de todos os tipos de pecados sexuais (ICo 6:9-11). E Deus O enviou para "proclamar liberdade aos cativos e a abertura de prisão aos presos. " (Is 61:1). Pecadores sexuais podem ser perdoados e libertos da escravidão dos seus pecados. Pergunte só à mulher de Samaria! Graças sejam dadas a Deus!