Provérbios 5:17

Sejam para ti só e não para os estranhos contigo.

Play Audio

Filhos fora do casamento causam dor e problemas, especialmente para reis. Salomão advertiu o seu filho para que evitasse meretrizes por causa do perigo de confusão em sua árvore genealógica. Um homem sábio entende a glória e o privilégio de uma grande e legítima família de descendentes. É a tolice dos pecados sexuais que cria dificuldades a longo termo com relação aos enteados.

Salomão estava no meio dos avisos para o seu filho a respeito da tolice dos pecados sexuais (Pv 5:1-23). Apesar de o mundo chamar isso de sexo eventual: Deus o chama de fornicação, adultério e prostituição; Ele julgará todo transgressor. Como parte da lição, ele exortou o seu filho a limitar o seu prazer sexual só com a sua mulher (Pv 5:15; 19:20). Em seguida ele acrescenta o incentivo de ter uma família completamente legítima sem qualquer diluição dela através de outras mulheres (Pv 5:16-18).

Os filhos de Davi lutaram entre si, porque Davi confundiu a sua árvore genealógica pela poligamia (ICr 3:1-9). Salomão tinha testemunhado pessoalmente este conflito, quando Absalão matou Amnom por molestar a sua irmã (IISm 13:1-39). E ele mesmo havia provado isto, quando Adonias tentou lhe roubar o trono (IRs 1:1-53; 2:12-25).

A conjugação da terceira pessoa do plural na primeira sentença, "Sejam para ti só" são as fontes e rios de águas do versículo anterior, que representa as crianças e descendentes do casamento de um homem bom e nobre (Pv 5:16). As crianças devem todos ser legítimos pela sua mulher legítima para maximizar o prazer, a paz, a reputação e o poder de uma grande família.

Homens piedosos, grandes homens, compreendem o valor de uma grande, feliz e próspera família (Sl 107:41; 127:3-5; 128:1-6). Eles sabem que isto é uma das grandes bênção e objetivos da vida. Eles não são como os pervertidos de hoje, que escolhem outros homens para serem seus amantes ou que usam as mulheres por sexo sem desejar casamento ou crianças. Uma grande família é um motivo valioso para homens piedosos evitarem as mulheres meretrizes. Pais sábios incluirão esta lição no treinamento de seus filhos.

Os estranhos da segunda sentença são os prostitutos (Pv 23:27). Reis tiveram suas amantes deste o início. Salomão advertiu o seu filho para limitar as suas atividades sexuais com a sua mulher (Pv 5:19; Hb 13:4). Ele usou com frequência o eufemismo "mulher estranha" (Pv 2:16; 5:3,20; 6:24; 7:5; 23:27). Ela é estranha porque é estrangeira e desconhecida da sua aliança de casamento; ele não tem nenhum direito à intimidade com ela, pois ele prometeu que seria com a sua mulher toda ação amorosa. Apesar dele conhecê-la bem, pessoalmente, ela está fora do seu território sexual.

Que o povo de Deus forme grandes famílias com filhos legítimos! Que as crianças vejam a glória, sintam a alegria, conheçam os benefícios e odeiem a fornicação e o adultério como sendo inimigos da família. Que as fontes e rios de crianças piedosas aumentem mais e mais!