Provérbios 5:13

E não escutei a voz dos meus ensinadores, nem a meus mestres inclinei o meu ouvido!

Play Audio

"Porque não dei ouvidos aos meus professores? Porque não obedeci os avisos deles? Agora é tarde demais! Minha vida está arruinada!" Estes são os gritos de dor de um tolo - que rejeitou o aviso a respeito dos pecados sexuais. Sua tristeza é grande, mas isso não importa. Ele destruiu a sua vida com prostitutas. Ele está doente de tanto remorso. Ele gostaria muito de voltar atrás. Preste atenção ao ponto de exclamação!

Este capítulo é dedicado a alertar os homens jovens a respeito do pecado sexual. Salomão advertiu o seu filho a respeito da mulher estranha que fala docemente - uma prostituta (Pv 5:1-7). Este provérbio conclui a longa sentença, na qual ele adverte os seus filhos para ficarem longe dela, para que não terminem por destruir suas vidas e lamentar sem esperança por não ter dado ouvido à sua instrução (Pv 5:8-13).

A quem muito foi dado, muito será cobrado (Lc 12:47-48). Se pastores, pais, professores e amigos lhe avisaram a respeito do perigo dos pecados sexuais, então a sua culpa e punição será mais severa por pecar contra o maior conhecimento. Considere a tristeza e o remorso que Sansão e Davi sentiram por causa de suas prostituições (Jz 16:20-21; Sl 51:8). É verdade, leitor, que você foi ensinado e advertido a respeito dos pecados sexuais? Então fuja por sua vida!

Sexo é uma grande dádiva de Deus, mas ele limitou o casamento a um único cônjuge (Pv 5:15-19), condenando severamente qualquer outra intimidade (Pv 5:20-23). Apesar dos homens jovens se inflamarem de desejo sexual decorrente da testosterona dada por Deus, eles devem guardar os seus corpos sob controle e limitar quaisquer pensamentos ou atividades para uma esposa (Pv 5:19; ICo 6:13-20; ITs 4:3-8; Hb 13:4).

O mundo está obcecado com sexo. A moralidade morreu. As crianças cada vez mais novas buscam o sexo. Os anunciantes o explora. Os apresentadores o promovem. Os legisladores o desculpam. Pais o permitem. Farmacêuticos o protegem. As mulheres se vestem cada vez menos em público; muitas são prostitutas - matando inibições para acatar o sexo casual. As tentações para os homens (e mulheres) nunca foram tão grandes.

Mas Deus falou! Ignorando a ele arruinará a sua vida! Ele limitou o sexo ao um homem e a uma mulher num casamento amoroso. Intimidade com qualquer outra pessoa não é permitida. Ele ensinou isto na criação (Gn 2:18-25). Os patriarcas entenderam isso (Gn 39:7-12). A Lei de Moisés o proibiu (Lv 18:1-30). E o evangelho a condenou (Ef 5:3-7; Hb 13:4; Ap 21:8).

As suas escolhas de hoje o afetarão durante o resto de sua vida. Você foi avisado. Se você olha para a pornografia que é tão atraente, disponível e "inocente", você arruinará a sua vida (Pv 5:19-23; 6:25; IISm 11:2-4; Sl 101:3; Mt 5:28; Rm 6:16). E mulheres devem se lembrar de que as novelas românticas são exatamente a contrapartida às fotografias nuas para os homens. Estas duas invenções infernais excitam a luxúria para o pecado sexual e destroem o contentamento.

Se você for até mesmo ligeiramente tentado a um relacionamento ímpio, faça tudo para se afastar do mesmo! Jesus lhe diria para arrancar o seu olho direito ou cortar a sua mão direita para evitar isso (Mt 5:29-30)! Você pode lutar contra alguns pecados, mas deste pecado você precisa fugir (IITm 2:22)! Se você tiver uma dor de consciência, isto se deve única e exclusivamente à misericórdia de Deus! Arrependa-se e corra, agora!

Você não pode voltar tendo pecado sexualmente (Pv 6:32-33; Dt 22:13-21)

Que compensação você pode oferecer? Você será completamente desprezado (Pv 6:34-35; Ct 8:6-7)! A armadilha foi acionada e você foi pego. Somente pela grande graça e em raros eventos Deus recupera os pecadores sexuais (Pv 2:18-19; Pv 5:4-5,11,22-23; 7:26-27; 9:18; 23:27; Ec 7:26). Não se gabe de poder se arrepender amanhã; Deus poderá deixá-lo apodrecendo nos seus pecados sem lugar para o arrependimento!

Mas leitor, você não pode limitar este provérbio aos pecados sexuais! Se você foi ensinado a verdade ou a sabedoria a respeito de qualquer assunto, você deve valorizar esse ensino e odiar o caminho falso (Sl 119:128). O justo Deus o considerará responsável por pecar presunçosamente contra a misericórdia da instrução e do aviso (Pv 29:1; Nm 15:30-31; Lc 12:47-48; Tg 4:17).

Um dia terrível se aproxima, do qual o medo, a tristeza e o horror não podem ser descritos, pois você prestará contas de sua vida a Deus (Ec 12:14; Rm 14:10-12; IICo 5:10-11; Ap 20:11-15). Será tarde demais para prestar atenção a pais ou pastores. Os livros serão abertos; seus pecados presunçosos serão revelados: e a sentença eterna será dada!

Naquele dia, você vai desejar que o pastor tivesse pregado por mais tempo! Que os seus pais tivessem sido mais duros! Que o seu pastor tivesse pregado com mais severidade! Que os seus pais lhe tivessem castigado mais severamente! Você vai desejar poder voltar e frequentar a igreja de um modo diferente! Você vai desejar que tivesse prestado atenção! A sua mudança de perspectiva será incrivelmente grande numa fração de segundo!

Só existe um meio de evitar a horrível situação deste provérbio e aquele dia: obedeça hoje o que você foi ensinado. Se você diariamente obedecer às regras de Deus e os avisos dos seus pais e pastores a respeito do pecado, você nunca provará a tristeza desesperançada deste provérbio. Mas se você for arrogante e rebeldemente adiante em suas lascívias, você vai sofrer da maneira mais horrível.