Provérbios 4:8

Estima-a, e ela te exaltará; se a abraçares, ela te honrará;

Play Audio

Promoção e honra são simples. Exalte e abrace a sabedoria e você será promovido e honrado por Deus e pelos homens. Faça da sabedoria o objetivo mais importante da sua vida, ame-a com apreciação fervente, e ela lhe trará grandeza.

Salomão aqui repetiu a exortação de Davi para que buscasse por sabedoria (Pv 4:5-9). Ele se lembrou dos ensinos que o seu próprio pai lhe deu, e ele repetiu a valiosa instrução para o benefício do seu próprio filho (Pv 4:3-4). Que cada parente entenda a importância de tal treinamento.

O mais alto objetivo para cada homem é ser como o Senhor Jesus Cristo, que cresceu em favor para com Deus e para com os homens (Lc 2:52). De que forma Ele realizou esta coisa nobre e maravilhosa? Ele cresceu em sabedoria, que é a habilidade de julgar e agir corretamente na vida. É pela sabedoria que qualquer pessoa pode encontrar a aprovação de Deus e do homem. A sabedoria traz promoção e honra.

Existem quatro pronomes neste provérbio se referindo à Senhora Sabedoria, ou seja, a personificação de Salomão da sabedoria, do entendimento, da discrição e do conhecimento. Enquanto ele fazia sua advertência a respeito da mulher estranha (Pv 7:5-27; Pv 9:13-18), ele também falou a respeito da Senhora Sabedoria e dos seus grandes benefícios para os homens (Pv 1:20-33; Pv 2:4; Pv 3:13-18; Pv 4:5-13; Pv 7:1-4; Pv 8:1-36; Pv 9:1-5).

Pela sabedoria, Davi, tinha um coração como o de Deus, e por isso o SENHOR o colocou como rei sobre Israel, e Israel como um todo o amava (ISm 18:16 e 30; IISm 7:8). A Senhora Sabedoria o promoveu e o honrou! Até mesmo os seus inimigos e súditos o consideravam um anjo (ISm 29:9; IISm 14:17). De que forma ele adquiriu esta gloriosa reputação? Ele comprometeu a si mesmo com a sabedoria (Sl 101:1-8).

Davi exaltou e abraçou a sabedoria. Considere bem este santo exemplo. O que ele pensava a respeito da Escritura? Ele a considerou mais valiosa do que o fino ouro e mais agradável do que o mel e o favo (Sl 19:10; Sl 119:127). Com que frequência ele pensava a respeito da Bíblia? Dia e noite (Sl 1:2)! Qual era o seu maior tesouro? A Bíblia (Sl 119:14, 111 e 162)!

Aonde ele queria estar mais do que em qualquer outro lugar? Na igreja (Sl 84:10)! Quem eram os seus amigos? Eram os homens tementes a Deus e que guardavam os mandamentos Dele (Sl 119:63)! Com que frequência ele orava? Três vezes ao dia (Sl 55:17)! De que forma ele se achegava a Deus? Em humildade examinando a si mesmo (Sl 139:23-24)! Ele louvava a Deus? Sim! Sete vezes ao dia (Sl 119:164)!

Se Deus e os homens não lhe promoveram e lhe honraram, humilhe-se e confesse seu desprezo à sabedoria. Exalte a abrace a sabedoria no nome do Senhor Jesus Cristo. Busque a Sua palavra, Sua igreja, e os Seus Santos de todo o seu coração. Promoção e honra, certamente virão!