Provérbios 3:29

Não maquines mal contra o teu próximo, pois habita contigo.

Play Audio

Aqueles que estão mais próximos de você merecem o melhor. Entretanto, os homens tratam suas famílias e amigos com mais rispidez do que com estranhos. Quanto mais as pessoas confiam em você, mais você deve a eles. Quanto mais vulnerável a pessoa se torna para você, maior é a sua obrigação de honrá-la e protegê-la. Você conhece mais os seus vizinhos do que os dos outros em sua vida, mas este privilégio traz o dever de proteger ao invés de defraudar. Cuidado!

Quem é o seu vizinho? Enquanto advogados tergiversam a respeito de palavras e desejariam reduzir o substantivo a uns poucos amigos (Lc 10:25-29), Jesus Cristo, o filho de Salomão ampliou a palavra para abranger qualquer pessoa que Deus coloca em sua vida (Lc 10:30-37). Ela inclui seus pais ou um cônjuge e até aos do trabalho ou um estranho com quem você se sentou num avião ou num ônibus. É claro que isto inclui aqueles que vivem ao seu lado na vizinhança, mas inclui, ainda, muito mais pessoas também.

É fácil descobrir os bens, os defeitos, os hábitos e as fraquezas daqueles mais próximos d você. Sua proximidade às atividades deles e a confiança deles em você combinam para torná-los mais vulneráveis a qualquer concupiscência da sua parte. Deus e Salomão, conhecendo a realidade desse tipo de relacionamento, fizeram um alerta contra qualquer ambição perversa ou defraudação em decorrência dessa vantagem. Homens piedosos são escrupulosamente honestos com os seus vizinhos, e são excepcionais protetores deles.

Caim matou o seu irmão que confiava nele. Os filhos de Jacó enganaram e assassinaram Siquém e depois venderam José à escravidão. O rei Saul tentou matar a Davi enquanto ele tocava a sua harpa para ele. Joabe assassinou a Abner e a Amasa. Judas conhecia os hábitos do Senhor e ele os usou para ganhar algumas moedas e O trair a uma turba assassina. O pecado deste provérbio é a forma mais cruel da malícia pessoal (Sl 41:9; Sl 55:12-15; Mt 26:46-50; Jo 13:21).

Você faz proveito ou protege seu conhecimento de colegas no trabalho? A proximidade da mulher do seu vizinho faz com que ele seja mais ou menos vulnerável a você? Você faz proveito ou protege crédulos colegas de classe? Aqueles que sentam próximo de você em qualquer lugar podem confiar em você para proteger os seus pertences?

O crime pode ser encontrado em casa. O abuso ou o desprezo de cônjuges é uma traição, pois o casamento expõe tudo de um ao outro (Ml 2:10-16). Nunca compare sua mulher com outra mulher! Nunca defraude ou humilhe o homem em sua cama! Os eventos pessoais de uma família em casa nunca devem ser compartilhados fora do lar, pois os membros da família presumem que estão seguros em casa.

Os membros da igreja sabem que podem confiar em você com os detalhes mais íntimos de suas vidas? Ou eles sabem que o seu vil coração seria tentado a explorar as suas fraquezas em seu benefício ou em compartilhar a informação com outros? Que este provérbio o esmague! Aprenda a piedade, hoje!