Provérbios 3:4

E acharás graça e boa compreensão diante de Deus e dos homens.

Play Audio

Que gloriosa descrição! Que nobre ambição! Um homem ou uma mulher consegue alcançar este nível de sucesso na vida? Claro que sim! Caro leitor, você enxerga a bênção aqui? Ser ensinado como obter este tipo de honra e prosperidade é um alto privilégio.

Em primeiro lugar desejamos encontrar favor à vista de Deus e dos homens. E se somos conhecidos também pelo bom entendimento, é muito melhor ainda. O provérbio descreve o que é ser abençoado e preferido dos homens e ter a reputação por sabedoria e discrição. Estes são grandes objetivos, e Provérbios nos ensina como podemos alcança-los. Veja os comentários de Provérbios 22:1.

Tanto Samuel quanto Jesus cresceram em favor para com Deus e para com os homens (ISm 2:26; Lc 2:52). Nós queremos seguir estes dois exemplos. E se guardarmos os dois grandes mandamentos - amor a Deus e amor ao próximo - alcançaremos estes dois objetivos

Caro leitor, estes são os seus objetivos de hoje? Você vai se comportar de tal maneira que tanto Deus quanto os homens estão contentes com as suas palavras e ações? A oportunidade e o privilégio de obter estas duas grandes marcas do caráter e da sabedoria deveria lhe dominar! Quão elevados objetivos para uma vida!

José se comportou tão bem que Potifar, o Egípcio, dono do seu escravo, colocou todos os seus bens sob os seus cuidados (Gn 39:1-6). Quando jogado injustamente na prisão, ele obteve essa mesma aprovação do seu carcereiro (Gn 39:21). E quando Faraó precisou de um homem sábio e prudente para supervisionar a preservação do seu reino, ele só conseguia pensar em José (Gn 41:38-45).

Davi se comportou tão bem que toda Israel o amou e o seu nome era muito considerado (ISm 18:30). O rei Dario colocou Daniel sobre todo o império pelo seu excelente espírito (Dn 6:3), e até mesmo os seus inimigos não conseguiram encontrar nenhuma falta ou erro nele (Dn 6:4).

A vida cristã não é uma de regras triviais e de arrogante liberdade. É muito mais - justiça, paz e alegria no Espírito Santo. E o homem que pratica estas coisas é aceito por Deus e aprovado pelos homens (Rm 14:16-19), como acontecia com a igreja primitiva (At 2:44-47).

O resultado imediato é a misericórdia e a verdade (Pv 3:3). E com frequência as encontramos juntas (Pv 14:22; Pv 16:6; Pv 20:28), mas, as estudaremos de per si. Guardar os ensinos de Provérbios é a forma em que alcançaremos estes objetivos (Pv 2:1-9; Pv 3:1-2; Js 1:7-9; Sl 111:10). Senhor, nos ajude!

Como é a sua vida, cristão? Você está só trabalhando, criando a família e caminhando para a sepultura? Ou os sublimes ideais deste provérbio o atraem: Aplique-se a eles.