Provérbios 3:1

Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos, e o teu coração guarde os meus mandamentos;

Play Audio

Só ouvir instruções não é suficiente. Só há benefício em se lembrar delas e as por em prática (Pv 3:2).

Ouvir e esquecer é uma terrível perda de oportunidade: e Deus nos considerará culpados, se nós fizermos pouco caso do precioso privilégio de ouvir sabedoria (Pv 1:24-32; Lc 12:48). Temos que lembrar o que fomos ensinados: não podemos esquecê-los (Pv 3:3, 21; Pv 4:4-6, 13 e 21; Pv 6:21; Pv 7:1; Pv 22:18).

O ato de guardarmos os nossos corações é uma prioridade, pois do coração emanam as questões da vida (Pv 4:23). O seu coração dirige a sua vida (Lc 6:45). Por isso mantemos a sabedoria lá para dirigi-lo (Pv 3:3; Pv 4:21; Sl 37:31)!

Paulo adverte sobriamente a respeito de permitir que aquilo que ouvimos caia no esquecimento (Hb 2:1-4). Nós estamos tratando com o Deus Criador do céu e as consequências do esquecimento são horríveis!

Os homens se lembram daquilo que consideram importante. Não é uma função da memória: é uma questão de prioridades. Isto não é difícil embora exija diligência. De que você se lembra?

Tiago nos adverte para sermos praticantes da palavra de Deus e não somente ouvintes, enganando-nos a nós mesmos (Tg 1:21-25). Os benefícios salvadores da verdade são para aqueles que lembram da palavra e a praticam. Ou somos como um homem que enxerga as suas falhas no espelho da palavra de Deus, mas que não adota qualquer correção. Mas aqueles que enxergam a instrução, e se lembram dela e a praticam, certamente serão abençoados.

Paulo avisa que o evangelho só salva aqueles que o guardam na lembrança (ICo 15:2), Pois alguns em Corinto tinham se esquecido da ressureição dos mortos. Sem essa doutrina ele mostrou que facilmente aquela salvação do pecado é perdida e que dentre todos os homens nós somos os mais infelizes (ICo 15:19).

Caro leitor, é o nosso dever ouvir cuidadosamente a instrução e produzir fruto (Lc 8:18). Em que tipo de terra você está? Satanás arrancará a instrução, a não ser que você se aproprie dela e a guarde no seu coração, onde pode produzir o fruto da justiça (Lc 8:12).

É por isso que Davi no ensina a esconder a palavra de Deus em nossos corações (Sl 119:11). e fazemos isso ao memoriza-la. Aprendendo versículos você estará guardando-os no seu coração, onde com facilidade você pode meditar nelas (Sl 1:2; Sl 119:15, 23, 43, 78, 97,99 e 148) e usá-las prontamente (Pv 22:18; Lc 4:4, 8 e 12).

Então Pedro nos ensina a importância de repeti-los (IIPe 1:12-15). Apesar dos seus ouvintes já conhecerem a verdade, ele estava comprometido em repeti-los com frequência para ajuda-los a lembrar.

Jesus tinha a lei de Deus em Seu coração; e assim, Ele se alegrava em fazer a vontade de Deus revelada ali (Sl 40:6-8). Você está contente por Ele ter realizado a vontade de Deus (Hb 10:9-10)?