Provérbios 2:16

Para te livrar da mulher adúltera, da estrangeira, que lisonjeia com palavras.

Play Audio

Deus ama os Seus filhos e Salomão amou o seu filho. Um grande perigo que os homens enfrentam é a fornicação (relação sexual ilícita), com a qual encontramos inúmeras vezes no livro de Provérbios. Tanto Deus quanto Salomão alertaram a respeito da mulher imoral que gera o aumento desse pecado entre os homens (Pv 23:28). Que cada pai e cada filho tome conhecimento pois aqui está um aviso de extrema importância para a segurança da sua alma.

Os nobres leitores permitirão que a sabedoria e o conhecimento de Provérbios entrem em seus corações e sejam agradáveis às suas almas (Pv 2:10), pois então a discrição e o entendimento podem salvá-lo da mulher estranha (Pv 2:11). Realmente temos aqui o livramento ou a salvação!

O que é uma mulher estranha? É qualquer mulher com quem você não casou; portanto, você não tem direito algum a qualquer prazer romântico ou sexual com ela. Ela não lhe pertence. Mais especificamente, ela é uma mulher prostituida, que atrai os homens para cometerem fornicação com ela.

Os irmãos de Jefté o desprezaram por ele ser o filho de uma mulher estranha, pois a sua mãe era uma prostituta (Jz 11:1-2). A mãe dos seus irmãos era a mulher do seu pai, mas a dele não, ela era uma prostituta.

Ela é uma estranha, pois ela não lhe pertence. Como os santos são estrangeiros nesta terra, pois esta não é o nosso lar e não pertencemos a isto aqui, uma mulher estranha é uma mulher má que está longe de sua casa seduzindo homens que não são seu marido.

Encontraremos este aviso novamente, pois é uma grande tentação para os homens, especialmente aos jovens (Pv 6:24; Pv 7:5). Nenhum homem pode ''brincar'' com esta tentação, pois muitos homens fortes foram abatidos por ela (Pv 7:26). Sansão ficou indefeso diante de Dalila (Jz 16:4-21), tanto que ele abriu todo o seu coração, mesmo sabendo que ela procurava destruí-lo.

Determine, antecipadamente, em seu coração o evitar essa mulher, pois ela está esperando você para leva-lo a pecar (Pv 23:26-28). Ela não busca homens maus e profanos, mas prefere aqueles com almas virtuosas (Pv 6:26). Desta forma vemos a mulher de Potifar tentando o nobre José que, com firmeza, rejeitou os seus avanços com uma alma comprometida com Deus (Gn 39:7-12).

Você pode encontrá-la hoje. Trabalhamos junto com mulheres dos outros cada vez mais, e elas estão cada vez mais prostituidas do que nunca. O que pode fazer um homem? Ele deve entregar a sua alma a Deus em todas as questões de sexo, e ele deve fugir de qualquer mulher ousada ou amigável. A atenção aduladora de uma mulher é uma força poderosa demais para ser permitida, pois conduzirá ao abate (Pv 7:21-23).

Não desperte o desejo sexual da beleza de uma mulher nem desfrute dos seus olhares (Pv 6:25). Rejeite e fuja de suas palavras de louvor e de bajulação (Pv 6:24)! Não fique pensando nela depois em seu coração (Jó 31:1)! Fique longe da presença dela com grande diligência (Pv 4:15)!

Bajulação é um tipo de linguagem bondosa e amiga para ganhar a sua atenção. Ela não é sincera e virtuosa, pois as intenções não são nobres nem retas. O louvor de uma mulher pode ganhar o homem facilmente; assim, evite a bajulação e desconsidere-a (Pv 5:3; Pv 7:21).

É claro, ela não vai revelar que o seu objetivo é pecado; ao invés disso ela vai lhe louvar, se elogiar, descrever o ato amoroso criativo e a sua grande afeição, e afirma que deseja lhe dar consolo e amor (Pv 7:13-16). Odeie as palavras dela! Corra delas! Rejeite-as! Ela mente! Mesmo aparecendo deleitável e agradável, o seu fim é amargo e doloroso (Pv 2:18-19; Pv 5:5; Pv 7:27; Pv 9:18).

Grande parte de Provérbios foi escrito por Salomão com o propósito de proteger o seu filho da mulher estranha. Sabedoria, conhecimento, discrição e entendimento o manterão longe dela (Pv 2:10-11). Conhecendo e entendendo que Deus condenou todos os adúlteros e prostitutos (Hb 13:4), as consequências do adultério são horripilantes (Pv 6:26-35), é a sabedoria e a discrição do homem o permanecer longe de qualquer mulher que não seja a sua.

As filhas de Deus devem aprender a cobrir modestamente a sua beleza, limitar o contato dos olhares, e limitar a linguagem amigável com outros homens. Se não fizer isto você estará alimentando um fogo que destruirá a sua própria alma e lar e aquelas dos outros também.

Caro leitor, possa Deus lhe dar a graça e a força para ser fiel a Ele e à sua esposa neste dia; pois, lembre-se de que Jesus Cristo usou o exemplo de uma mulher estranha com filhas prostitutas como uma figura da apóstata igreja romana, que O abandonou pelo ritualismo pagão.