Provérbios 2:3

E, se clamares por entendimento, e por inteligência alçares a tua voz.

Play Audio

Qual foi a última vez que você orou por sabedoria, caro leitor? Quando foi que você orou intensamente por ela? Os estudos podem lhe tornar um estudioso, mas somente a oração fará um santo. Muita leitura pode aumentar o seu aprendizado, mas somente a revelação do Espírito pode lhe dar sabedoria. Se você anseia por sabedoria, anseia por ela de joelhos; e de joelhos rogue ao Deus de Salomão.

O Pregador está no meio de sua exortação ao seu filho a respeito de vários deveres necessários para obter a sabedoria (Pv 2:1-9). Este versículo de hoje o exortou, e nos exorta a orar fervorosamente por ela. Isto não é um pedido banal por sabedoria, mas sim um grito desesperado, apaixonado e zeloso por ela.

O SENHOR escolhe operar em determinadas áreas somente quando é solicitado, por isso Tiago escreve, "... nada tendes; ... porque não pedis." (Tg 4:2). Se não pedirmos ou implorarmos por certas coisas, Deus nos deixará viver sem elas. Ele fez com que fosse fácil pedirmos a Ele, por ser o nosso Pai (Mt 7:7-11). Será que a sua deficiência em questão de sabedoria é porque você pediu muito pouco a Ele?

Sabedoria é algo que devemos pedir (Tg 1:5). Se quisermos mais sabedoria, Ele promete ouvir e responder o nosso pedido com liberalidade! Que promessa preciosa! Especialmente à luz da importância da sabedoria ensinada em Provérbios! Ele a dará com liberalidade e não nos criticará pelos nossos pedidos inoportunos e frequentes! Podemos cobiçar por sabedoria graciosamente!

Mas temos que pedir em fé, com uma mente voltada a um propósito único, ou nada receberemos do Senhor (Tg 1:6-8). Mas sem fé é impossível agradar ao Doador da sabedoria (Hb 11:6).

Deus ofereceu a Salomão aquilo que ele pedisse e abençoou o seu desejo por abundante sabedoria e também lhe deu outras bênçãos (IICr 1:7-12). Mas nós temos a mesma oferta do céu! Porque você não a pede como ele fez (Mt 7:7-11; Mt 11:24; Mt 18:19; Jo 14:13-14)? Daniel também orou por sabedoria e a recebeu abundantemente (Dn 2:16-19; Dn 9:20-23; Dn 10:10-21).

Homens nobres terão razões santas para buscar por sabedoria (Sl 119:11,26-27,34,73,125). Considere a oração do salmista a Deus para dar a ele o entendimento na palavra de Deus e na verdade (Sl 119:18; Sl 25:4-5). Paulo orou para que os santos obtivessem sabedoria pelo Espírito Santo (Ef 1:17-18; Cl 1:9-10), e o Espírito é algo para o qual também oramos (Lc 11:13).

Se você não valorizar corretamente a sabedoria e pedir a Deus por isto, você deve tremer diante Dele, pois Ele poderá lhe julgar com cegueira, da mesma forma como tem feito com a maioria dos homens (Mt 11:25-27; 13:10-17; IITs 2:9-12; Jo 9:39-41). Admitir que você é uma criança em sabedoria não é vergonha, assim como fez Salomão e foi descrito pelo Senhor, pois Deus abençoará grandemente este espírito de humildade.

Jesus cresceu em sabedoria e estatura diante de Deus e dos homens (Lc 2:52; Mt 13:54). É líquido e certo que Ele orou por ela, pois a sua natureza humana exigia a bênção da sabedoria de Deus, assim como a sua natureza humana (Lc 6:12; 9:28; 22:39-45). Mas as orações Dele excediam as suas, e as bênçãos de Deus excedia a tudo, de forma que Jesus podia verdadeiramente dizer, “Eis que está aqui quem é mais do que Salomão” (Mt. 12:42).

Quando você pedir sabedoria a Deus para si mesmo, lembre-se de pedir pelos outros crentes sinceros que também desejam e precisam de sabedoria. O Senhor Jesus Cristo orou desta maneira pelos apóstolos (Jo 14:15-17). E Paulo repetiu este pedido pelas igrejas (Ef 1:15-19; Cl 1:9-11). Se você orar por sua família e amigos e eles orarem por você, quão grande aumento de sabedoria haverá!